Porto

.posts recentes

. Fotos Open da Austrália

. Open da Austrália já em a...

. Roddick vence Kooyong Cla...

. EUA conquistam "saladeira...

. Masters Cup - Resumos

. A segunda consecutiva

. Masters Cup de Xangai'07 ...

. Tennis Masters Cup - Sort...

. Gasquet é o oitavo

. #2 - Quando eu era pequen...

.arquivos

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.pesquisar

 

.links

.Stats

Domingo, 3 de Fevereiro de 2008

Fotos Open da Austrália


Aproveitando uma selecção de fotos diárias feita pelo jornal Marca, escolhi algumas que retratam momentos vividos durante este Open da Austrália, no que concerne ao quadro masculino deste primeiro Grand Slam da temporada.



O assustador Andy Murray faz esta linda figura quase sempre que executa um golpe de serviço.



Marat Safin parece executar um golpe de magia. Onde está o braço do russo?



Sempre muito expressivo, o cipriota Marcos Baghdatis tem lugar cativo numa selecção de fotos de qualquer evento.



Mesmo com o sol a incomodar, não houve quem quisesse perder pitada. Este ano, bateu-se novamente o recorde de afluência de público, com cerca de 600 mil pessoas a passarem pelos courts do Melbourne Park.



Youzhny numa grande demonstração de agilidade. O russo só foi parado pelo francês Tsonga, em encontro dos quartos-de-final.



A famosa resposta de Novak Djokovic fez muita mossa ao longo do torneio. Que o diga Roger Federer...



Finalista na edição transacta, Gonzalez teve sempre muito público a apoiá-lo nas bancadas, mas não foi capaz de passar da terceira ronda este ano.



Onde é que ela anda? Roger Federer pareceu um pouco perdido neste Open da Austrália, caindo nas meias-finais 11 torneios do Grand Slam depois...(perdera com Rafael Nadal nessa fase, em Roland Garros'05)



Luís Horna brinca com a raquete. O peruano passou ao lado deste torneio.



Jo-Wilfried Tsonga foi o grande animador do evento. A empatia criada com o público ajudou a catapultá-lo para a final, mas, num dia de menor inspiração, foi domado por Novak Djokovic.



Andy Roddick depositava grandes esperanças neste primeiro Grand Slam de 2008. No entanto, o norte-americano não foi capaz de ultrapassar Philipp Kohlschreiber, dando largas à sua frustração.



Roger Federer ao serviço, perante o olhar atento do público presente na Rod Laver Arena.



Marcos Baghdatis foi embora mais cedo do que o previsto. O cipriota caiu às mãos de Lleyton Hewitt, o favorito da casa.



Nada nem niguém escapa às imitações de Djokovic...



A garra de Rafael Nadal não foi suficente para conquistar o torneio. Naquele dia, era quase impossível alguém vencer Tsonga. Ainda assim, o maiorquino aproximou-se de Federer na luta pelo poleiro do circuito ATP.



James Blake e a sua famosa esquerda. O norte-americano igualou a sua melhor marca em torneios do Grand Slam, mas, após 24 disputados, continua sem atingir uma única meia-final.



Novak Djokovic na celebração da vitória sobre Roger Federer, perante o efusivo público sérvio. Esse encontro escancarou-lhe a porta para a conquista do seu primeiro título do Grand Slam.



Mikhail Youzhny e a habitual saudação após cada vitória.



Novak Djokovic foi a estrela da companhia. O sérvio ergueu o troféu com um sorriso estampado no rosto.



A família Djokovic uniu-se em prol do filho mais velho. Marko e Giorgio, mais novos, conseguirão imitar "Nole" num futuro próximo?

publicado por Morais às 18:51
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2008

Open da Austrália já em andamento


Imagem da renovada Rod Laver Arena, palco principal deste tornsio do Grand Slam

Começou há já alguns minutos o Open da Austrália, primeira prova do Grand Slam da temporada de 2008. Este ano com a imagem renovada, graças à mudança de piso e respectiva cor (para Plexicushion azul), e com os quadros mais fortes dos últimos anos, a prova promete ser mais emotiva e espectacular ainda. É grande a expectativa em torno da forma que apresentarão os tenistas de topo que agoram retomam a actividade e do aparecimento de alguma cara nova, potencial revelação da temporada corrente. Na prova masculina, Roger Federer é o crónico grande candidato a um título que defende, mas a concorrência é muito forte e a sua metade de quadro -inclui Djokovic, Nalbandian, Baghdatis, Berdych, Safin e Hewitt, entre outros- bem mais complicada que a do espanhol Rafael Nadal -inclui Murray, Davydenko e Roddick-, também ele favorito ao triunfo neste evento australiano. Uma questão interessante reside no facto de, pela primeira vez, Nadal poder terminar uma prova como número um mundial, dado que o suíço, líder da hierarquia masculina, defende 1000 pontos neste evento e o maiorquino apenas 250, sendo que a diferença pontual entre ambos no ranking se cifra nos 1400 pontos. Improvável, mas possível. Já na prova feminina, apesar de ser Serena Williams a detentora do título, todas as atenções estarão centradas na belga Justine Henin, ausente na edição transacta. A belga é líder incontestada do ranking feminino e, sem dúvida, a que melhores atributos apresenta para atingir a vitória final. No entanto, terá de estar muito atenta, não só a Serena como também à sua irmã Venus e, entre outras, às russas Maria Sharapova e Svetlana Kuznetsova, à regressada Lindsay Davenport (perdeu apenas um dos 17 encontros que disputou depois de ser mãe) ou às sérvias Ana Ivanovic e Jelena Jankovic. Muito e bom ténis em perspectiva para as próximas duas semanas deste evento de categoria máxima, que oferece mais de 12 milhões de euros em prémios monetários, repartidos equitativamente pelos torneios masculino e feminino.

p.s.: artigo publicada no site Livre Indirecto

publicado por Morais às 01:15
link do post | comentar | favorito
Domingo, 13 de Janeiro de 2008

Roddick vence Kooyong Classic


Roddick ergue o troféu correspondente à vitória em Kooyong

Pelo terceiro ano consecutivo, Andy Roddick sagrou-se vencedor do AAMI Classic, um dos mais prestigiados eventos de exibição do calendário tenístico mundial.
Na final do evento, o norte-americano levou de vencida o cipriota Marcos Baghdatis, que jogou em substituição de Roger Federer (finalista no ano transacto), por 7-5 e 6-3.

publicado por Morais às 20:17
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2007

EUA conquistam "saladeira"

Sem espinhas. Assim pode caracterizar-se a vitória norte-americana na edição de 2007 da mais importante competição por equipas do ténis mundial.
Menos equilibrada e emotiva do que o esperado, a final da Taça Davis, disputada em Portland, revelou-se um autêntico passeio para os estado-unidenses. Claramente mais adaptados ao piso do Memorial Coliseum, os jogadores da equipa da casa tiraram grande partido desse factor, aliado ao apoio incondicional do seu público, para bater, por claros 4-1, uma selecção russa desfalcada pelas ausências de Marat Safin e Nikolay Davydenko (nos singulares).
Com efeito, a estratégia adoptada por Shamil Tarpischev pode ter resultado em Moscovo, na época transacta (os russos bateram os americanos por 3-1), mas fracassou completamente este ano. Dmitry Tursunov, lançado para o embate com Andy Roddick, esteve muito desastrado, permitindo a conquista fácil do primeiro e importante ponto da final para os EUA.
Para agravar ainda mais a situação, no segundo singular, Mikhail Youzhny apanhou pela frente um inspirado James Blake e, pese embora a excelente réplica, acabou também por sucumbir em quatro parciais -6-3, 7-6(4), 6-7(3) e 7-6(3)-, num jogo de emoções fortes.
Desta forma, ao cabo do primeiro dia, o seleccionador russo deve ter regressado ao hotel a mal-dizer as suas opções e a rezar pelo milagre da reviravolta.
Contudo, no segundo dia haveria de ficar mesmo tudo resolvido. O estranho par Andreev/Davydenko não foi capaz de incomodar os incontestados líderes do ranking mundial da especialidade, os irmãos Bryan, perdendo por 7-6(4), 6-4 e 6-2 e permitindo que a última jornada fosse apenas de consagração para os norte-americanos.
Trigésima segunda "saladeira" da história dos EUA, mas apenas a primeira desde 1995, curiosamente também conquistada frente à Rússia, num ano em que pontificavam na equipa grandes nomes como Andre Agassi, Pete Sampras, Jim Courier e Todd Martin.

 

p.s.: artigo retirado do site Livre Indirecto.

 

publicado por Morais às 23:40
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007

Masters Cup - Resumos

Final - Roger Federer vs. David Ferrer: 6-2, 6-3 e 6-2

 

 

 Meia-final #2 - Roger Federer vs. Rafael Nadal: 6-4 e 6-1

 

Meia-final #1 - David Ferrer vs. Andy Roddick: 6-1 e 6-3

 

Grupo Vermelho (3ª jornada) - Roger Federer vs. Andy Roddick: 6-4 e 6-2

 

Grupo Vermelho (3ª jornada) - Nikolay Davydenko vs. Fernando Gonzalez: 6-4 e 6-3 

 

 Grupo Vermelho (2ª jornada) - Roger Federer vs. Nikolay Davydenko: 6-4 e 6-3 

 

Grupo Vermelho (2ª jornada) - Andy Roddick vs. Fernando Gonzalez: 6-1 e 6-4

 

Grupo Vermelho (1ª jornada) - Fernando Gonzalez vs. Roger Federer: 3-6, 7-6(1) e 7-5

 

Grupo Vermelho (1ª jornada) - Andy Roddick vs. Nikolay Davydenko: 6-3, 4-6 e 6-2

 

Grupo Dourado (3ª jornada) - David Ferrer vs. Richard Gasquet: 6-1 e 6-1

 

Grupo Dourado (3ª jornada) - Rafael Nadal vs. Novak Djokovic: 6-4 e 6-4

 

Grupo Dourado (2ª jornada) - David Ferrer vs. Rafael Nadal: 4-6, 6-4 e 6-3

 

Grupo Dourado (2ª jornada) - Richard Gasquet vs. Novak Djokovic: 6-4 e 6-2

 

Grupo Dourado (1ª jornada) - Rafael Nadal vs. Richard Gasquet: 3-6, 6-3 e 6-4

 

Grupo Dourado (1ª jornada) - David Ferrer vs. Novak Djokovic: 6-4 e 6-4
publicado por Morais às 18:15
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 13 de Novembro de 2007

A segunda consecutiva

Federer era a imagem da desilusão no final da partida que o opôs a Fernando Gonzalez

Pela segunda vez nos últimos dois encontros que disputou, o suíço Roger Federer, incontestado nº1 mundial, conheceu o amargo sabor da derrota.

Frente a Fernando Gonzalez, Federer até jogou bastante bem, mas o chileno esteve simplesmente imparável a partir do segundo set, assinando com uma exibição memorável a primeira vitória sobre o suíço em 11 confrontos.

Agora, para ultrapassar a primeira fase, Federer terá de suar um pouco mais, necessitando, quase garantidamente, de vencer os seus dois próximos encontros (contra Roddick e Davydenko) para não fazer a sua qualificação depender de terceiros.

Entretanto, no Grupo Dourado, o de Rafael Nadal, é o sérvio Novak Djokovic quem tem surpreendido...pela negativa. "Nole" perdeu já dois encontros (frente a Ferrer e Gasquet ) e nem uma eventual vitória sobre Nadal lhe valerá o apuramento para as meias-finais da prova, face às derrotas expressivas já averbadas. Assim, depois de uma época muito boa, o tenista dos balcãs vai mais cedo para casa, deixando uma má imagem numa Masters Cup em que se estreava este ano.

Ainda no mesmo grupo, também Rafael Nadal, o mais cotado dos quatro tenistas que o compõem, comprometeu as suas aspirações a passar à fase seguinte. O maiorquino esbanjou uma vantagem significativa e acabou por perder frente ao seu compatriota David Ferrer, reconhecendo, no final do embate, que o seu adversário "está a actuar em estado de graça". Agora, Nadal terá de vencer e esperar que Ferrer volte a ganhar (ou perca em dois sets), desta feita a Gasquet, para não necessitar de fazer contas muito complicadas. Está ao rubro este grupo dourado!

 

Resultados da Masters Cup de Xangai'07

 

Grupo Vermelho

Andy Roddick vs. Nikolay Davydenko: 6-3, 4-6 e 6-2

Fernando Gonzalez vs. Roger Federer: 3-6, 7-6(1) e 7-5

 

Grupo Dourado

Rafael Nadal vs. Richard Gasquet: 3-6, 6-3 e 6-4

David Ferrer vs. Novak Djokovic: 6-4 e 6-4

 

Richard Gasquet vs. Novak Djokovic: 6-4 e 6-2

Rafael Nadal vs. David Ferrer: 6-4 e 4-6 e 3-6

 

Notas:

-> Federer perdeu pela primeira vez na fase de grupos de uma Masters Cup, depois de seis prestações imaculadas.

-> É preciso recuar 4 anos e meio até à última vez em que Federer perdeu dois encontros oficiais consecutivos.

-> No grupo Dourado, todos os tenistas são estreantes numa Masters Cup, à excepção de Rafael Nadal

 

publicado por Morais às 13:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2007

Masters Cup de Xangai'07 - Os protagonistas

 

Na impossibilidade de fazer uma análise detalhada do estado de forma e das expectativas em torno de cada um dos jogadores presentes nesta edição de 2007 da Masters Cup de Xangai, deixo abaixo uma referência para um artigo do site Eurosport, uma espécie de "Guia da Masters Cup", onde é cada um dos oito fantásticos é analisado ao pormenor.

 

Artigo Eurosport

 

Previsões

 

Meias-finais

 

Roger Federer vs. Novak Djokovic

Rafael Nadal vs. Andy Roddick

 

Final

 

Roger Federer vs Rafael Nadal

 

Vencedor

 

Roger Federer

 

publicado por Morais às 09:36
link do post | comentar | favorito
Sábado, 10 de Novembro de 2007

Tennis Masters Cup - Sorteio favorece Federer

 

Realizou-se, na passada quarta-feira, o sorteio da fase de grupos da Tennis Masters Cup de Xangai.

Contrariamente ao sucedido no ano passado, desta feita, Roger Federer saiu bem mais favorecido que Rafael Nadal, ao ficar colocado no mesmo grupo de Nikolay Davydenko, Andy Roddick e Fernando Gonzalez; por seu lado, Nadal terá de defrontar Novak Djokovic, David Ferrer e Richard Gasquet, num grupo que promete ser muito mais equilibrado que o prmeiro e de apurados incertos.

A Tennis Masters Cup terá início no próximo dia 10 de Novembro e mercerá acompanhamento televisivo no nosso país, a cargo da SportTv. Em alternativa, há sempre a possiblidade de assinar a ATP Masters Series TV, pagando 7€ para poder ver todos os jogos do evento que encerra a época de 2007 do circuito ATP.

 

Tennis Masters Cup

 

Grupo Vermelho

1 - Roger Federer

4 - Nikolay Davydenko

5 - Andy Roddick

7 - Fernando Gonzalez

 

Grupo Dourado

2 - Rafael Nadal

3 - Novak Djokovic

6 - David Ferrer

8 - Richard Gasquet

 

publicado por Morais às 12:48
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 5 de Novembro de 2007

Gasquet é o oitavo

Gasquet qualificou-se para Xangai

Mesmo tendo David Nalbandian vencido o Masters Series de Paris, o francês Richard Gasquet, derrotado pelo argentino nas meias-finais desse mesmo evento, tornou-se no oitavo e último qualificado para a Masters Cup de Xangai.

Gasquet sabia de antemão que apenas precisaria de atingir as semi-finais da prova parisiense, na eventualidade do cipriota Marcos Baghdatis não a vencer e dos seus demais sérios opositores directos perderem antes dos ou mesmos nos quartos-de-final. Face à conjugação de todos estes factores -Baghdatis jogou mais cedo e perdeu, frente a Rafael Nadal-, o tenista gaulês garantiu a qualificação, pela primeira vez na carreira, mesmo antes de disputar o seu encontro das meias-finais.

Desta forma, fica completo o quadro dos apurados para a prova que reune os oito melhores tenistas do planeta. São eles Roger Federer, Rafael Nadal, Novak Djokovic, Nikolay Davydenko, Andy Roddick, David Ferrer, Fernando Gonzalez e Richard Gasquet. O suplente, esse, é de luxo e dá-se pelo nome de David Nalbandian.

 

publicado por Morais às 18:59
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 2 de Novembro de 2007

#2 - Quando eu era pequenino... - Andy Roddick

De face já muito semelhante, o Roddick de 1992 apresentava um corte de cabelo bem menos "fashion".

Aqui, no poster de anúncio da edição de 1993 do "Little Mo Nationals", uma espécie de rampa de lançamento para os tenistas norte-americanos, Roddick surge como o campeão em título da edição prévia, quando tinha apenas 10 anos de idade.

Muitos terão vencido a competição e, posteriormente, desaparecido do mapa do ténis americano. Roddick não, teve o mérito de conseguir tornar-se um dos melhores jogadores mundiais, contando já com um título do Grand Slam (US Open'03) e com uma (breve) passagem pelo posto de número um mundial. A foto, essa, ficou para a posteridade.


publicado por Morais às 09:57
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 22 de Outubro de 2007

ATP e WTA - Torneios da semana

Basileia'07 S. Petersburgo Lyon'07

Com o aproximar do final da temporada, quer no circuito masculino, quer no feminino, aquece a luta pelas vagas ainda disponíveis para as respectivas Masters Cup do ATP e WTA Tour.

No lado das senhoras, restam três bilhetes que dão acesso à prova final do calendário, a realizar, este ano tal como no transacto, em Madrid, a partir do próximo dia 15 de Novembro. 

Em melhor posição para lá chegar encontram-se a russa Anna Chakvetadze, a norte-americana Venus Williams e a também russa Maria Sharapova, mas Daniela Hantuchova e Marion Bartoli podem ainda ter uma palavra a dizer. E como destas são as únicas, a par de Chakvetadze, em competição actualmente, dependem apenas de si próprias para se poderem juntar ao lote das melhores tenistas do planeta -Justine Henin, Jelena Jankovic, Svetlana Kuznetsova, Ana Ivanovic e Serena Williams já lá estão.

Analogamente, no circuito masculino estão também definidos apenas cinco dos participantes na próxima Masters Cup, a realizar em Xangai. Roger Federer, Rafael Nadal, Novak Djokovic, Nikolay Davydenko e Andy Roddick têm já presença garantida, ao passo que David Ferrer (6º) se encontra próximo de se juntar a este quinteto, ocupando Fernando Gonzalez e Tommy Haas a sétima e oitava posições provisórias.

No entanto, em virtude da realização do Masters Series de Paris, na próxima semana, são ainda 20 os tenistas com possibilidades matemáticas de lá chegar. Cá por mim, apostaria numa classificação final idêntica à provisória antes apresentada, mas jogadores como Richard Gasquet -actua perante o seu público estas duas semanas-, Tomas Berdych, James Blake, ou até mesmo Andy Murray ou David Nalbandian (ambos em boa forma, ultimamente) podem aspirar ainda a mais altos voos.

Portanto, muita emoção em perspectiva para as próximas duas semanas. Para já, nesta, jogar-se-á em São Petersburgo, Lyon e Basileia, no circuito ATP e apenas em Linz no WTA Tour. A não perder!

 

Quadro Basileia'07 (850000€)

Quadro São Petersburgo'07 (700000€)

Quadro Lyon'07 (680000€)

Quadro Linz'07 (420000€)

 

Classificação masculina - ATP Race

Classificação feminina - Sonny Ericson Championships Race

 

publicado por Morais às 22:35
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 1 de Outubro de 2007

A semana de Tursunov

Mas tão pesado para quê, perguntará o russo. Afinal, o que me interessa é o dinheiro!!

Dmitry Tursunov parece destinado a ganhar torneios na última semana do mês de Setembro. Um ano depois de ter triunfado, nesta mesma altura do ano, em Mumbai, o russo voltou a repetir o feito, mas agora em Banguecoque, o evento que se disputa em paralelo com aquele.

Num torneio muito afectado pelas desistências -Rafael Nadal, Novak Djokovic e Andy Roddick foram baixas de última hora-, Tursunov foi quem melhor partido soube tirar da situação, aproveitando para se impôr aos tenistas menos cotados que lhe surgiram no caminho, entre eles Benjamin Becker, na final.

O alemão, responsável pelo fim da carreira do lendário Andre Agassi, foi um dos grandes protagonistas da semana. Bateu Carlos Moya e Thomas Berdych, dois dos principais cabeças-de-série e favoritos à conquista do título, e atingiu a sua primeira final de nível ATP. No entanto, a senda vitoriosa terminou no confronto com Tursunov e os parciais de 6-2 e 6-1 não deixam lugar a dúvidas quanto à superioridade deste, bem mais habituado a estas andanças.

Segundo título do ano para o russo (3º da carreira) e mais 55000€ em prémios monetários.

 

Quadro final Banguecoque'07

 

publicado por Morais às 00:14
link do post | comentar | favorito

.Site amigo

Bolamarela

.Visitas

.Online

hit counter
blogs SAPO