Porto

.posts recentes

. Selecção de 2007

. ATP & WTA by numbers

. Masters Cup - Resumos

. Federer, o meste dos mest...

. A segunda consecutiva

. Tennis Masters Cup - Sort...

. Gasquet é o oitavo

. A decorrer - loucos por X...

. ATP e WTA - Torneios da s...

. Ferrer cilindra Gasquet e...

.arquivos

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.pesquisar

 

.links

.Stats

Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2008

Selecção de 2007


O site espanhol do ATP Tour fez uma selecção das melhores capturas de 2007. Pois bem, resolvi fazer também eu uma nova selecção de fotos a partir dessa selecção inicial e disponibilizá-las aqui, para que todos se possam rir e recordar...

Baghdatis, o brincalhão

Federer - Passo de dança na Masters Cup Xangai'07

Gonzalez, o furacão - Masters Cup Xangai'07

Djokovic - Montagem James Bond

Djokovic no dramático jogo com Baghdatis - Wimbledon'07

Djokovic e Zimonjic - confusão no par da Taça Davis

Roger Federer à sombra

Fúria de Gaudio

Grosjean - Open da Austrália'07

Nadal em Paris

Nadal - Wimbledon'07

Mahut pelos ares - Queen's

Ferrer - Masters Cup Xangai'07

Juan Ignacio Chela - estranho gesto em Viña del Mar

US Open à noite

publicado por Morais às 18:53
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 31 de Dezembro de 2007

ATP & WTA by numbers

 


Continuando com os dados estatísticos referentes a 2007, achei interessante adaptar e publicar estes números, divulgados no site Tennis Corner.


1º e 2º cabeças-de-série na final (6)

 

Marcos Baghdatis[2] v. Ivan Ljubicic[1] - 7-6(4), 4-6 e 6-4 (Zagreb)

Tommy Haas[2] v. Andy Roddick[1] - 6-3 e 6-2 (Memphis)

Rafael Nadal[2] v. Roger Federer[1] - 6-4 e 6-4 (Monte Carlo)

Roger Federer[1] v. Rafael Nadal[2] - 2-6, 6-2 e 6-0 (Hamburg)

Rafael Nadal[2] v. Roger Federer[1] - 6-3, 4-6, 6-3 e 6-4 (Roland Garros)

Roger Federer[1] v. R.Nadal[2] - 7-6(7), 4-6, 7-6(3), 2-6 e 6-2 (Wimbledon)

 

Finais sem cabeças-de-série (5)

 

Juan Monaco v. Alessio Di Mauro - 6-1 e 6-2 (Buenos Aires)

Ivo Karlovic v. Mariano Zabaleta - 6-4 e 6-1 (Houston)

Juan Monaco v. Gael Monfils - 7-6(3) e 6-3 (Poertschach)

Steve Darcis v. Werner Eschauer - 6-1 e 7-6(1) (Amersfoort)

Sebastien Grosjean v. Marc Gicquel - 7-6(5) e 6-4 (Lyon)

 

Finais entre compatriotas (6)

 

David Ferrer (ESP) v. Tommy Robredo (ESP) - 6-4 e 6-2 (Auckland)

David Ferrer (ESP) v. Nicolas Almagro (ESP) - 6-1 e 6-2 (Bastad)

Fabrice Santoro (FRA) v. Nicolas Mahut (FRA) - 6-4 e 6-4 (Newport)

Andy Roddick (USA) v. John Isner (USA) - 6-4 e 7-6(4) (Washington)

James Blake (USA) v. Mardy Fish (USA) - 7-5 e 6-4 (New Haven)

Sebastien Grosjean (FRA) v. Marc Gicquel (FRA) - 7-6(5) e 6-4 (Lyon)

 

Final mais "jovem"

 

Novak Djokovic (19) v. Richard Gasquet (20) - 7-6(7), 0-6 e 6-1 (Estoril)

 

Final mais "velha"

 

Carlos Moya (30) v. Andrei Pavel (33) - 6-4 e 6-2 (Umag)

 

Vencedores por idades

19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 34
4 7 6 3 4 6 12 9 5 6 2 1 1

 

Vencedor mais jovem

 

Novak Djokovic (22 de Maio de 1987) - 19 anos, 7 meses e 16 dias (Adelaide)

 

Vencedor mais velho

 

Fabrice Santoro (9 de Dezembro de 1972) - 34 anos, 7 meses e 7 dias (Newport)

 

Finalistas em singulares e pares no mesmo torneio

  • Xavier Malisse arrebatou os troféus de singulares e pares (c/Dick Norman) em Chenai
  • Novak Djokovic venceu em singulares e foi finalista em pares (c/Radek Stepanek) em Adelaide
  • Xavier Malisse venceu em singulares e pares (c/Hugo Armando)em Delray Beach
  • Rafael Nadal ganhou o evento de singulares e foi finalista em pares (c/Bartolomé Salva-Vidal) em Barcelona
  • Philipp Kohlschreiber fez a "dobradinha" em Munique (c/Mikhail Youzhny)
  • Mikhail Youzhny atingiu a final de singulares e venceu o título de pares (c/Philipp Kohlschreiber) em Munique
  • Potito Starace chegou à final de singulares e venceu em pares (c/Luis Horna) em Kitzbühel
  • Sebastien Grosjean venceu quer em singulares, quer em pares (c/Jo-Wilfried Tsonga) em Lyon

Jogador com ranking mais baixo a vencer um título ATP

 

Steve Darcis (nº297 - Amersfoort)

 

Estrearam-se a vencer... (5)

 

Gilles Simon (FRA) - 22 - Marselha

Juan Monaco (ARG) - 22 - Buenos Aires

Ivo Karlovic (CRO) - 28 - Houston

Philipp Kohlschreiber (GER) - 23 - Munique

Steve Darcis (BEL) - 23 - Amersfoort


Convidados que venceram torneios (1)


Guillermo Cañas (ARG) - 29 - Costa do Sauípe


Qualifiers vencedores de torneios (1)


Steve Darcis (BEL) - 23 - Amersfoort


Tenistas mais vezes qualificados para o Quadro Principal


Alejandro Falla (COL) - 8 vezes - SF Lyon (Melhor resultado)

Teimuraz Gabashvili (RUS) - 8 vezes - QF Memphis

Marin Cilic (CRO) - 6 vezes - SF S.Petersburgo

Paul Capdeville (CHI) - 5 vezes - RR Las Vegas

Dusan Vemic (SRB) - 5 vezes - 2ª ronda Houston

Andreas Seppi (ITA) - 5 vezes - 2ª ronda Indian Wells, Monte Carlo e Paris

Weslie Moodie (RSA) - 4 vezes - 2ª ronda Indian Wells

Alexander Waske (GER) - 4 vezes - 1ª ronda Australian Open, US Open

Oscar Hernandez (ESP) - 4 vezes - RR Viña del Mar

Pablo Andujar (ESP) - 4 vezes - 3ª ronda Barcelona

Andrei Pavel (ROM) - 4 vezes - 2ª ronda US Open

Viktor Troicki (SRB) - 4 vezes - SF Umag

Boris Pashanski (SRB) - 4 vezes - 3ª ronda Barcelona

Christophe Rochus (BEL) - 4 vezes - 2ª ronda Kitzbühel

20 qualificaram-se 3 vezes

53 qualificaram-se 2 vezes

108 qualificaram-se uma vez


Defenderam os seus títulos com sucesso... (14)


Nicolas Almagro - 1 - Valência

James Blake - 1 - New Haven

Nikolay Davydenko - 1 - Moscovo

Roger Federer - 5 - AUS Open, Wimbledon, US Open, Basileia e Xangai

Tommy Haas - 1 - Memphis

Andy Murray - 1 - San Jose

Rafael Nadal - 4 - Monte Carlo, Barcelona, Roma, Roland Garros


Semi-finais com os 4 primeiros cabeças-de-série


Memphis - Andy Roddick[1], Tommy Haas[2], Andy Murray[3], Mardy Fish[4]

Menor nº de jogos perdidos num torneio

20 - Richard Gasquet  (Mumbai)

Vencedores de torneios que não perderam um set (16)

Roger Federer - 21 ganhos - Australian Open
Luis Horna - 10 - Viña del Mar
Guillermo Cañas - 10 - Costa do Sauípe
Gilles Simon - 10 - Marselha
Tommy Haas - 10 - Memphis
Rafael Nadal - 12 - Indian Wells
Novak Djokovic - 13 - Miami
Ivo Karlovic - 8 - Houston
Rafael Nadal - 10 - Monte Carlo
Rafael Nadal - 10 - Barcelona
Tomas Berdych - 8 - Halle
Rafael Nadal - 10 - Estugarda
Carlos Moya - 10 - Umag
Richard Gasquet - 10 - Mumbai
David Ferrer - 10 - Tóquio
Nikolay Davydenko - 10 - Moscovo

Encontro com maior número de jogos (72 - Australian Open 2ª ronda)

Lukas Dlouhy v. Teimuraz Gabashvili - 6-3, 6-1, 6-7(5), 6-7(5), 16-14

Tie-break mais longo (38 pontos - Australian Open 2ª ronda)

Andy Roddick v. Jo-Wilfried Tsonga - 6-7(18), 7-6(2), 6-3, 6-3

Vitórias consecutivas

Roger Federer - 41
Rafael Nadal - 19
Roger Federer - 18
Steve Darcis - 12
Roger Federer - 11
Roger Federer - 11
Tommy Haas - 10
Novak Djokovic - 10

"Bicicletas" (Vitórias por 6-0, 6-0)


Jarkko Nieminen v. Evgueni Korolev - Miami 2ª ronda
David Ferrer v. Paul Goldstein - Barcelona 2ª ronda

Deixo também aqui o link para os últimos dados estatísticos fornecidos pelo site do ATP Tour, já em finais de Setembro de 2007.


E, dado que para apresentar-vos os dados acima tive de escrevê-los quase um por um, forneço apenas o link para os referentes ao WTA Tour. Sem ter tido oportunidade de lê-los com tanta atenção, desde logo me saltou à vista a gritante discrepância entre a quantidade de "bicicletas" aplicadas nos circuitos masculino e feminino (muito maior neste), relativo indicador da diferença de qualidade entre muitas das tenistas que compõem o circuito WTA.

publicado por Morais às 11:48
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007

Masters Cup - Resumos

Final - Roger Federer vs. David Ferrer: 6-2, 6-3 e 6-2

 

 

 Meia-final #2 - Roger Federer vs. Rafael Nadal: 6-4 e 6-1

 

Meia-final #1 - David Ferrer vs. Andy Roddick: 6-1 e 6-3

 

Grupo Vermelho (3ª jornada) - Roger Federer vs. Andy Roddick: 6-4 e 6-2

 

Grupo Vermelho (3ª jornada) - Nikolay Davydenko vs. Fernando Gonzalez: 6-4 e 6-3 

 

 Grupo Vermelho (2ª jornada) - Roger Federer vs. Nikolay Davydenko: 6-4 e 6-3 

 

Grupo Vermelho (2ª jornada) - Andy Roddick vs. Fernando Gonzalez: 6-1 e 6-4

 

Grupo Vermelho (1ª jornada) - Fernando Gonzalez vs. Roger Federer: 3-6, 7-6(1) e 7-5

 

Grupo Vermelho (1ª jornada) - Andy Roddick vs. Nikolay Davydenko: 6-3, 4-6 e 6-2

 

Grupo Dourado (3ª jornada) - David Ferrer vs. Richard Gasquet: 6-1 e 6-1

 

Grupo Dourado (3ª jornada) - Rafael Nadal vs. Novak Djokovic: 6-4 e 6-4

 

Grupo Dourado (2ª jornada) - David Ferrer vs. Rafael Nadal: 4-6, 6-4 e 6-3

 

Grupo Dourado (2ª jornada) - Richard Gasquet vs. Novak Djokovic: 6-4 e 6-2

 

Grupo Dourado (1ª jornada) - Rafael Nadal vs. Richard Gasquet: 3-6, 6-3 e 6-4

 

Grupo Dourado (1ª jornada) - David Ferrer vs. Novak Djokovic: 6-4 e 6-4
publicado por Morais às 18:15
link do post | comentar | favorito
Domingo, 18 de Novembro de 2007

Federer, o meste dos mestres

Federer terminou em beleza a temporada de 2007

Roger Federer voltou a demonstrar o porquê de ser o incontestado nº1 mundial, ao sagrar-se vencedor da Tennis Masters Cup de Xangai, competição que reune os oito melhores tenistas do temporada.

Depois de um início algo titubeante, que levou à derrota frente a Fernando Gonzalez, na partida inaugural da fase de grupos, Federer não mais vacilou durante a prova, impondo toda a sua classe e vencendo os adversários, um após o outro, à custa de um ténis ofensivo delicioso e extremamente preciso.

Na retina fica, certamente, a vitória sobre Rafael Nadal, na meia-final, uma demonstração de força e de melhores atributos para o jogo neste tipo de superfícies (greenset), mas a partida mais importante disputou-a hoje, frente a outro espanhol: David Ferrer.

Num jogo de sentido único, Federer levou de vencida o valenciano, por 6-2, 6-3 e 6-2 e voltou a afirmar a sua hegemonia no ténis mundial masculino, concluindo a temporada com três títulos do Grand Slam e o título de "mestre", pela terceira vez na carreira.

 

Artigo retirado do site Livre Indirecto

 

publicado por Morais às 19:14
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 13 de Novembro de 2007

A segunda consecutiva

Federer era a imagem da desilusão no final da partida que o opôs a Fernando Gonzalez

Pela segunda vez nos últimos dois encontros que disputou, o suíço Roger Federer, incontestado nº1 mundial, conheceu o amargo sabor da derrota.

Frente a Fernando Gonzalez, Federer até jogou bastante bem, mas o chileno esteve simplesmente imparável a partir do segundo set, assinando com uma exibição memorável a primeira vitória sobre o suíço em 11 confrontos.

Agora, para ultrapassar a primeira fase, Federer terá de suar um pouco mais, necessitando, quase garantidamente, de vencer os seus dois próximos encontros (contra Roddick e Davydenko) para não fazer a sua qualificação depender de terceiros.

Entretanto, no Grupo Dourado, o de Rafael Nadal, é o sérvio Novak Djokovic quem tem surpreendido...pela negativa. "Nole" perdeu já dois encontros (frente a Ferrer e Gasquet ) e nem uma eventual vitória sobre Nadal lhe valerá o apuramento para as meias-finais da prova, face às derrotas expressivas já averbadas. Assim, depois de uma época muito boa, o tenista dos balcãs vai mais cedo para casa, deixando uma má imagem numa Masters Cup em que se estreava este ano.

Ainda no mesmo grupo, também Rafael Nadal, o mais cotado dos quatro tenistas que o compõem, comprometeu as suas aspirações a passar à fase seguinte. O maiorquino esbanjou uma vantagem significativa e acabou por perder frente ao seu compatriota David Ferrer, reconhecendo, no final do embate, que o seu adversário "está a actuar em estado de graça". Agora, Nadal terá de vencer e esperar que Ferrer volte a ganhar (ou perca em dois sets), desta feita a Gasquet, para não necessitar de fazer contas muito complicadas. Está ao rubro este grupo dourado!

 

Resultados da Masters Cup de Xangai'07

 

Grupo Vermelho

Andy Roddick vs. Nikolay Davydenko: 6-3, 4-6 e 6-2

Fernando Gonzalez vs. Roger Federer: 3-6, 7-6(1) e 7-5

 

Grupo Dourado

Rafael Nadal vs. Richard Gasquet: 3-6, 6-3 e 6-4

David Ferrer vs. Novak Djokovic: 6-4 e 6-4

 

Richard Gasquet vs. Novak Djokovic: 6-4 e 6-2

Rafael Nadal vs. David Ferrer: 6-4 e 4-6 e 3-6

 

Notas:

-> Federer perdeu pela primeira vez na fase de grupos de uma Masters Cup, depois de seis prestações imaculadas.

-> É preciso recuar 4 anos e meio até à última vez em que Federer perdeu dois encontros oficiais consecutivos.

-> No grupo Dourado, todos os tenistas são estreantes numa Masters Cup, à excepção de Rafael Nadal

 

publicado por Morais às 13:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 10 de Novembro de 2007

Tennis Masters Cup - Sorteio favorece Federer

 

Realizou-se, na passada quarta-feira, o sorteio da fase de grupos da Tennis Masters Cup de Xangai.

Contrariamente ao sucedido no ano passado, desta feita, Roger Federer saiu bem mais favorecido que Rafael Nadal, ao ficar colocado no mesmo grupo de Nikolay Davydenko, Andy Roddick e Fernando Gonzalez; por seu lado, Nadal terá de defrontar Novak Djokovic, David Ferrer e Richard Gasquet, num grupo que promete ser muito mais equilibrado que o prmeiro e de apurados incertos.

A Tennis Masters Cup terá início no próximo dia 10 de Novembro e mercerá acompanhamento televisivo no nosso país, a cargo da SportTv. Em alternativa, há sempre a possiblidade de assinar a ATP Masters Series TV, pagando 7€ para poder ver todos os jogos do evento que encerra a época de 2007 do circuito ATP.

 

Tennis Masters Cup

 

Grupo Vermelho

1 - Roger Federer

4 - Nikolay Davydenko

5 - Andy Roddick

7 - Fernando Gonzalez

 

Grupo Dourado

2 - Rafael Nadal

3 - Novak Djokovic

6 - David Ferrer

8 - Richard Gasquet

 

publicado por Morais às 12:48
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 5 de Novembro de 2007

Gasquet é o oitavo

Gasquet qualificou-se para Xangai

Mesmo tendo David Nalbandian vencido o Masters Series de Paris, o francês Richard Gasquet, derrotado pelo argentino nas meias-finais desse mesmo evento, tornou-se no oitavo e último qualificado para a Masters Cup de Xangai.

Gasquet sabia de antemão que apenas precisaria de atingir as semi-finais da prova parisiense, na eventualidade do cipriota Marcos Baghdatis não a vencer e dos seus demais sérios opositores directos perderem antes dos ou mesmos nos quartos-de-final. Face à conjugação de todos estes factores -Baghdatis jogou mais cedo e perdeu, frente a Rafael Nadal-, o tenista gaulês garantiu a qualificação, pela primeira vez na carreira, mesmo antes de disputar o seu encontro das meias-finais.

Desta forma, fica completo o quadro dos apurados para a prova que reune os oito melhores tenistas do planeta. São eles Roger Federer, Rafael Nadal, Novak Djokovic, Nikolay Davydenko, Andy Roddick, David Ferrer, Fernando Gonzalez e Richard Gasquet. O suplente, esse, é de luxo e dá-se pelo nome de David Nalbandian.

 

publicado por Morais às 18:59
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007

A decorrer - loucos por Xangai

 

Se no sector feminino está já tudo definido no que toca às participantes na Masters Cup (Madrid - 5 de Novembro), o mesmo não acontece no sector masculino, com dois lugares ainda em aberto e muitos candidatos a ocupar essas vagas para a Masters Cup de Xangai, com início marcado para o próximo dia 11 de Novembro.

Esta semana, são dois os palcos para os torneios ATP e WTA. Paris e Quebec são o espelho da situação bem distinta que se vive nos dois circuitos, o masculino e o feminino, do ténis mundial.

A paragem parece não ter prejudicado Lindsay Davenport, que continua a jogar um ténis fantástico

No Canadá, face à total ausência de tenistas do top-10, já em preparação para o evento da próxima semana, em Madrid, o destaque vai inteirinho para a presença da 14ª jogadora mundial, a checa Nicole Vaidisova, e para a "super-mãe" Lindsay Davenport. Vaidisova ficou já pelo caminho, logo na ronda inaugural, a contas com uma arreliadora lesão no pulso direito; entretanto, Davenport arrepiou caminho até aos quartos-de-final e promete ser uma séria candidata à vitória final, ela que está a disputar apenas o seu terceiro torneio do ano.

Na cidade luz, têm sido muitas as emoções ao longo da semana. Nunca antes houve tanto em discussão no último Masters Series da temporada. Dezanove jogadores tinham, à partida, aspirações a uma presença na Masters Cup de Xangai e, ao cabo de três tondas, são ainda seis (cinco em prova) os candidatos às duas vagas disponíveis. Fernando Gonzalez, eliminado logo de entrada, nada mais pode fazer a não ser assistir do sofá à luta acérrima entre Tommy Robredo, Andy Murray, Richard Gasquet, Mikhail Youzhny e Marcos Baghdatis, restando-lhe esperar que apenas um destes últimos se consiga apurar, por forma a conservar a sua posição provisória (7º lugar), a penúltima das que dão acesso à prova que encerra a temporada. 

Nalbandian tem estado endiabrado. Voltou a vencer Roger Federer e afirma-se como um dos jogadores em melhor forma neste final de temporada. Pena que apenas possa almejar ser o suplente em Xangai....

De fora ficaram já, entre outros, Tommy Haas (derrotado por Youzhny) e David Nalbandian, que apenas "acordou" neste final de temporada. O argentino voltou, hoje, a vencer Roger Federer (e em 2 sets!), mas ficou a saber que não se apura, nem mesmo vencendo o evento francês.

Os jogos dos quartos-de-final, agendados para amanhã, são os que abaixo se apresentam - Ordem dos jogos.

 

David Nalbandian vs. David Ferrer

Andy Murray vs. Richard Gasquet

Tommy Robredo vs. Marcos Baghdatis

Mikhail Youzhny vs. Rafael Nadal

 

Artigo sobre a corrida para Xangai'07 - Actualização diária

 

publicado por Morais às 23:58
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 22 de Outubro de 2007

ATP e WTA - Torneios da semana

Basileia'07 S. Petersburgo Lyon'07

Com o aproximar do final da temporada, quer no circuito masculino, quer no feminino, aquece a luta pelas vagas ainda disponíveis para as respectivas Masters Cup do ATP e WTA Tour.

No lado das senhoras, restam três bilhetes que dão acesso à prova final do calendário, a realizar, este ano tal como no transacto, em Madrid, a partir do próximo dia 15 de Novembro. 

Em melhor posição para lá chegar encontram-se a russa Anna Chakvetadze, a norte-americana Venus Williams e a também russa Maria Sharapova, mas Daniela Hantuchova e Marion Bartoli podem ainda ter uma palavra a dizer. E como destas são as únicas, a par de Chakvetadze, em competição actualmente, dependem apenas de si próprias para se poderem juntar ao lote das melhores tenistas do planeta -Justine Henin, Jelena Jankovic, Svetlana Kuznetsova, Ana Ivanovic e Serena Williams já lá estão.

Analogamente, no circuito masculino estão também definidos apenas cinco dos participantes na próxima Masters Cup, a realizar em Xangai. Roger Federer, Rafael Nadal, Novak Djokovic, Nikolay Davydenko e Andy Roddick têm já presença garantida, ao passo que David Ferrer (6º) se encontra próximo de se juntar a este quinteto, ocupando Fernando Gonzalez e Tommy Haas a sétima e oitava posições provisórias.

No entanto, em virtude da realização do Masters Series de Paris, na próxima semana, são ainda 20 os tenistas com possibilidades matemáticas de lá chegar. Cá por mim, apostaria numa classificação final idêntica à provisória antes apresentada, mas jogadores como Richard Gasquet -actua perante o seu público estas duas semanas-, Tomas Berdych, James Blake, ou até mesmo Andy Murray ou David Nalbandian (ambos em boa forma, ultimamente) podem aspirar ainda a mais altos voos.

Portanto, muita emoção em perspectiva para as próximas duas semanas. Para já, nesta, jogar-se-á em São Petersburgo, Lyon e Basileia, no circuito ATP e apenas em Linz no WTA Tour. A não perder!

 

Quadro Basileia'07 (850000€)

Quadro São Petersburgo'07 (700000€)

Quadro Lyon'07 (680000€)

Quadro Linz'07 (420000€)

 

Classificação masculina - ATP Race

Classificação feminina - Sonny Ericson Championships Race

 

publicado por Morais às 22:35
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 8 de Outubro de 2007

Ferrer cilindra Gasquet em Tóquio

Ferrer venceu e convenceu em Tóquio

O espanhol David Ferrer venceu o torneio de Tóquio, prova pontuável para o calendário do ATP Tour. O tenista valenciano fez jus à sua condição de primeiro cabeça-de-série e arrebatou o título sem ceder qualquer set ao longo da semana. Mas o mais impressionante acabou mesmo por ser a forma tão fácil como se desenvencilhou de Richard Gasquet, o seu oponente na final de Domingo.

Vindo de um triunfo em Mumbai, na passada semana, Gasquet surgia extremamente motivado no torneio japonês e afigurava-se talvez como o mais sério candidato à vitória final. No entanto, Ferrer fez questão de demonstrar que não é por acaso que tem já quase lugar garantido na Masters Cup -o torneio que reúne os oito melhores tenistas do planeta, a disputar em Shanghai- e "cilindrou" autenticamente o francês, vencendo por 6-1 e 6-2 em apenas 52 minutos.

Com este triunfo, Ferrer passou a contar com 5 títulos no seu palmarés (em 10 finais) e cimentou as suas posições nas tabela da Corrida dos Campeões (6º) -que serve para determinar os 8 apurados para a Masters Cup- e do ranking ATP (8º).

 

Quadro final Tóquio'07

 

publicado por Morais às 23:58
link do post | comentar | favorito
Domingo, 9 de Setembro de 2007

US Open - Dia 13 em imagens

Final masculina: Roger Federer vs Novak Djokovic

Depois de um início menos conseguido, Djokovic impôs todo o seu ténis, frente ao espanhol David Ferrer, garantindo o apuramento para a sua primeira final de um torneio do Grand Slam.

Ferrer não foi capaz de contrariar o jogo de Djokovic e isso ficou bem patente no resultado final: 6-4, 6-4 e 6-3.

 

Na outra meia-final, entre Roger Federer e Nikolay Davydenko, assistimos ao mesmo de sempre. Um Davydenko a prometer muito, mas a fraquejar sempre que era preciso resolver. Acaba por tornar-se irritante o complexo de inferioridade que o russo tem quando defronta Federer. E o problema é que não é só ele. Que tal uns conselhos de Nadal?

 

Cabisbaixo. Davydenko entregou o ouro ao bandido quando teve oportunidade de fechar a terceira partida. Décima derrota em outros tantos confrontos com Federer.

 

A verdadeira estrela do dia. Justine Henin venceu, tal como se esperava, o título feminino. Os parciais de 6-1 e 6-3 com que brindou a russa Svetlana Kuznetsova atestam a superioridade da nº1 mundial.

 

Resultados do dia - Singulares Masculinos; Singulares Femininos

Ordem dos jogos do dia 14

 

publicado por Morais às 02:33
link do post | comentar | favorito
Sábado, 8 de Setembro de 2007

Lobs

Juan Monaco - Aqui há dois meses atrás, quando me pediram características do jogo de Juan Monaco, na altura em que este acabara de vencer em Kitzbühel, fiz uma breve descrição, tendo prognosticado muitas dificuldades em coneguir resultados de relevo nos pisos mais rápidos. O que é facto é que o argentino não só ultrapassou Rafael Nadal em Cincinnati, atingindo os oitavos-de-final, como ainda marcou presença nessa mesma fase neste US Open, perdendo para Novak Djokovic, mas apenas num encontro bem renhido. Surpreendeu-me.

 

Nadal e Ferrer - Estes dois espanhóis marcaram encontro nos oitavos-de-final do US Open, com a vitória a sorrir ao menos credenciado, num encontro muito bem jogado.

Por alturas do embate, uma história caricata veio à baila. Como é sabido, os espanhóis são grandes apreciadores de jogos de playstation e, em Junho, durante o torneio de Roland Garros, David Ferrer e Rafael Nadal fizeram parceria contra o também espanhol Carlos Moya e o argentino David Nalbandian, num jogo de ténis virtual. Resultado: os dois primeiros perderam e, como castigo, terminaram em cuecas à porta do hotel onde estavam instalados, a cantar e a dançar. Que tipos mais doidos.

 

Tanto break para quê? - Numa das partidas dos quartos-de-final masculinos deste US Open aconteceu algo muito pouco comum. Decorria o terceiro set do embate Nikolay Davydenko vs. Tommy Haas quando, num período muito estranho, se registaram 5 quebras de serviço consecutivas. Algo nada habitual nos encontros do circuito ATP, ainda para mais nos quartos-de-final de um evento do Grand Slam.

Já no circuito feminino, em especial nos encontros da russa Elena Dementieva, factos como este são já mais normais. Recordo-me de assistir a uma partida, no torneio de Antuérpia de 2005, entre a referida jogadora e a francesa Amélie Mauresmo, na qual houve 10(!) breaks consecutivos. Mauresmo acabou por vencer, por 6-3 e 6-4, mas nesse segundo set apenas o último dos 10 jogos não resultou em quebra de serviço.

 

À boleia - No decorrer de Agosto, por alturas do torneio de Montréal, Roger Federer ofereceu uma boleia, no seu jacto particular, a Rafael Nadal. Algo que vem realçar o saudável clima existente entre ambos, uma coisa que era impensável para rivais como Jimmy Connors, John McEnroe, Bjorn Borg e Pat Cash.

 

publicado por Morais às 14:51
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.Site amigo

Bolamarela

.Visitas

.Online

hit counter
blogs SAPO