.posts recentes

. Fotos Open da Austrália

. Open da Austrália já em a...

. Roddick vence Kooyong Cla...

. EUA conquistam "saladeira...

. Masters Cup - Resumos

. A segunda consecutiva

. Masters Cup de Xangai'07 ...

. Tennis Masters Cup - Sort...

. Gasquet é o oitavo

. #2 - Quando eu era pequen...

.arquivos

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.pesquisar

 

.links

Segunda-feira, 24 de Setembro de 2007

EUA x Rússia

 X

As selecções da Rússia e dos EUA são as finalistas da edição de 2007 da Taça Davis.

Em Moscovo, os russos aproveitaram bem o factor casa, o maior poderio das suas individualidades e a melhor adaptação ao lento piso de terra batida para levar de vencida uns alemães muito aguerridos, que tiveram em Philipp Kohlschreiber o seu melhor elemento. No final, o 3-2 favorável aos homens da casa, espelhava o equilíbrio patente durante toda a eliminatória e premiava a formação mais forte e grande favorita à partida.

Já em Gotemburgo, tudo foi mais fácil para os americanos. Actuando com as suas duas melhores peças, Andy Roddick e James Blake, nos singulares, e tendo um par fortíssimo, formado pelos irmãos Bryan, a equipa americana cedo mostrou que estava ali para ganhar, apenas permitindo um ponto a um inspiradíssimo Thomas Johansson. Os suecos, sem nenhum tenista entre os 50 melhores do mundo, esperavam poder valer-se do apoio incondicional dos fãs, bem como do rápido piso de carpete instalado no Scandinavium Arena, mas os comandados de Patrick McEnroe não se deixaram amedrontar e mostraram-se também muito bem adaptados à superfície utilizada, impondo-se por concludentes 4-1. O último singular, entre Blake e Aspelin, serviu apenas para cumprir calendário, uma vez que Roddick, o grande obreiro da vitória americana, colocou os forasteiros na final, a disputar em solo americano, com uma vitória em três sets sobre Jonas Bjorkman.

Agora, russos e americanos digladiar-se-ão, nos próximos dias 30 de Novembro e 1 e 2 de Dezembro, pela conquista da tão almejada saladeira. Os EUA buscam a sua 32ª vitória em 60(!) finais, ao passo que a Rússia procura repetir a vitória do ano passado e vencer a terceira saladeira da sua história.

 

Resultados finais

 

Rússia - Alemanha

Jogo 4 - Mikhail Youzhny vs Philipp Petzschner: 6-4, 6-4, 3-6 e 6-3

Jogo 5 - Igor Andreev vs Philipp Kohlschreiber: 6-3, 3-6, 6-0 e 6-3

 

Suécia - EUA

Jogo 4 - Andy Roddick vs Jonas Bjorkman: 6-2, 7-6(7-3) e 6-4

Jogo 5 - James Blake vs Simon Aspelin: 6-1 e 6-3

 

publicado por Morais às 13:12
link do post | comentar | favorito
Sábado, 22 de Setembro de 2007

Forasteiros em vantagem

Imagem do Scandinavium Arena, onde se disputa o Suécia-EUA
Paralelamente às inúmeras eliminatórias dos play-off da Taça Davis, realizam-se os não menos importantes embates das meias-finais da competição. De um lado, em Moscovo, Rússia e Alemanha; do outro, em Gotemburgo, Suécia e EUA. Para já, e ao cabo de dois dias de competição, as equipas que actuam fora de portas, Alemanha e EUA, encontram-se a vencer por 2-1, uma vantagem preciosa, mas não decisiva. Assim, para amanhã, prevê-se emoção a rodos nos pavilhões sueco e russo, com o púlico local a inflamar certamente o ambiente com o aproximar da hora de todas as decisões.
Philipp Kohlschreiber foi o herói do dia, ao relançar a eliminatória, depois de uma paupérrima exibição de Tommy Haas.
No Olímpico de Moscovo, estavam reservados para o primeiro dia o encontro entre Igor Andreev e Tommy Haas, seguido do Nikolay Davydenko vs Philipp Kohlschreiber. Aproveitando-se do menor acerto de Tommy Haas, que cometeu inúmeros erros não forçados, Andreev tomou as rédeas do encontro e, facilmente, bateu o germânico, com um triplo 6-2. E quando todos esperavam que Davydenko dilatasse a vantagem russa, eis que Philipp Kohlschreiber surge inspiradíssimo, jogando um ténis sólido e explosivo. Resultado: vergou Davydenko, em cinco partidas e quase 4h30m de jogo, por 6-7(5-7), 6-2, 6-2, 4-6 e 7-5.
A dupla alemã esteve impecável e a surpresa parece estar próxima...
Já hoje, no encontro de pares, os alemãs fizeram alinhar Philipp Petzschner ao lado do especialista da variante, Alexander Waske, para o confronto com a dupla Tursunov / Youzhny. Os alemães acabaram por levar a melhor, num encontro equilibrado, mas decidido em quatro partidas: 6-3, 3-6, 7-6(7-4) e 7-6(7-5). Desta forma, à entrada para o último dia da eliminatória, os alemães partem como favoritos à passagem à final, mas os russos têm boas armas para ainda dar a volta à eliminatória.
Os fãs suecos apoiaram incondicionalmente os seus atletas, mas a passagem à final parece já uma miragem.
Em Gotemburgo, no Scandinavium Arena, a grande novidade sueca foi Joachim Johansson, ausente dos courts há cerca de 8 meses. Ainda assim, o "Pimpim" foi escolhido para defrontar Andy Roddick, num jogo em que nenhuma troca de bolas atingiu as dez pancadas e apenas duas delas chegaram às 9! Roddick levou a melhor, por 7-6(7-4), 7-6(7-3) e 6-4 e colocou os americanos na frente do marcador.
O sueco Thomas Johansson tem demosntrado o porquê de ser um especialista em superfície de carpete. A vitória sobre James Blake não deixou qualquer dúvida.
No entanto, tudo ficaria novamente empatado após o duelo entre o outro Johansson, de seu nome Thomas, e James Blake. Com uma exibição de gala, o veterano sueco não deu quaisquer hipóteses a Blake, vencendo por 6-4, 6-2, 3-6 e 6-3.

Os irmãos Bryan têm sido um dos garantes desta selecção. Em 13 eliminatórias, apenas uma derrota. 

Mas, já hoje, os americanos retomaram a dianteira, depois dos irmãos Bryan terem elevado o seu saldo de vitórias na Taça Davis para 12 (contra apenas um derrota) no embate com os especialistas de pares Jonas Bjorkman e Simon Aspelin. Os parciais (7-6(13-11), 6-2 e 6-3) não deixam dúvidas quanto à superioridade da dupla americana, que colocou a equipa numa posição bastante confortável.


Agenda do dia 3

Suécia - EUA
Jogo 4 - Andy Roddick vs Thomas Johansson
Jogo 5 - James Blake vs Joachim Johansson

Rússia - Alemanha
Jogo 4 - Nikolay Davydenko vs Tommy Haas
Jogo 5 - Igor Andreev - Philipp Kohlschreiber

 

publicado por Morais às 23:48
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 6 de Setembro de 2007

US Open - Dia 10 em imagens

O dia abriu com duas russas em court. Chakvetadze foi a primeira a garantir apuramento para as meias-finais, ao derrotar Shahar Peer. É a primeira vez na carreria que atinge uma fase tão adiantada numa prova deste gabarito.

 

Kuznetsova foi a outra russa a qualificar-se. Vitória sobre a surpresa da prova, Agnes Szavay: 6-1 e 6-4.

 

Agnes Szavay merece uma palavra de grande apreço. Verão fantástico, que culmina com uma óptima prestação em Flushing Meadows. Muito promissor...

 

Bela vista do Arthur Ashe Stadium, num dos típicos duelos de fim de tarde.

 

No último dos encontros do dia, Nikolay Davydenko comprovou que está em excelente momento e bateu Tommy Haas sem apelo nem agravo. 6-3, 6-3 e 6-4, em mais uma vitória em 3 sets.

 

Com todos os encontros do dia a terminarem num ápice, houve que aguardar pela sessão nocturna para ver mais ténis.

 

Jelena Jankovic foi a primeira a entrar em court, ao lado de Venus Williams. Aqui sorria, mas, no final, foi Venus quem levou a melhor.

 

A norte-americana até nem começou bem: perdeu o primeiro set (6-4) e sofreu um break logo de entrada na segunda partida, mas os parciais finais (4-6, 6-1 e 7-6(7-4)) foram-lhe favoráveis. Aghora, frente a Justine Henin, procurará "vingar" a irmã.

 

Para a partida seguinte, que opunha Roger Federer a Andy Roddick, Andre Agassi regressou aos courts de Flushing Meadows, agora na condição de comentador. O retorno do campeão foi aplaudido efusivamente pela multidão.

 

Também Jimmy Connors esteve presente, sofrendo pelo seu pupilo Andy Roddick.

 

E Boris Becker, na companhia da namorada, também marcou presença.

 

Já em court, foi Federer quem dominou as atenções. O suíço derrotou Andy Roddick pela 14ª vez em 15 confrontos e está um passo mais próximo da sua 10ª final consecutiva em torneios do Grand Slam. Notável!

 

Roddick bem tentou, mas, frente a Federer, não houve solução possível.

 

Resultados do dia 10 - Singulares Masculinos; Singulares Femininos

Ordem dos jogos do dia 11

 

p.s.: comentários incluídos nas fotos

 

publicado por Morais às 02:54
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 4 de Setembro de 2007

US Open - Dia 8 em imagens

Andy Roddick foi o primeiro a a purar-se para os quartos-de-final. No entanto, o adversário que se segue poderá ser um obstáculo impossível de ultrapassar: Roger Federer.

 

Nikolay Davydenko tem-se revelado muito pragmático, vencendo os seus adversários sem forçar em demasia. Na próxima ronda, reeditará o seu encontro dos quartos-de-final do ano passado. Na altura, recuperou de 0-2 em sets para vencer esse desafio. Que acontecerá agora?

 

James Blake não foi capaz de apurar-se pela terceira vez consecutiva para os quartos-de-final. O alemão foi demasiado forte no tie-break da quinta partida, já depois de ter salvado 4 match-points. Desilusão para os americanos.

 

Na vertente feminina, Svetlana Kuznetsova reveou-se demasiado forte para Viktoria Azarenka e surge agora nos quartos-de-final de um torneio que venceu em 2004.

 

A húngara Agnes Szavay está, neste US Open, a confirmar a excelente campanha de hardcourt que anteceu o Grand Slam americano. Nos quartos-de-final defrontará Kuznetsova e talvez tenhamos "surpresa".

 

Depois de muito suar contra Nicole Vaidisova, num duelo em que salvou 2 match-points, Shahar Peer passou facilmente aos quartos-de-final, derrotando a carrasca de Maria Sharapova, a polaca Agnieszka Radwanska.

 

Já nos duelos nocturnos, Anna Chakvetadze fez-se valer da sua maior experiência para derrotar (6-1 e 7-5) a austríaca Tamira Paszek. Agora, frente a Peer, procurará atingir a sua primeira semi-final num Grand Slam.

 

Aos 16 anos, Paszek afirma-se como uma das maiores esperanças do ténis mundial feminino. Mais uma presença nos oitavos-de-final de um Grand Slam, depois da conseguida em Wimbledon.

 

No lado masculino, Roger Federer conseguiu ultrapassar o único esquerdino (para além de Nadal) que defrontou no último ano e meio. Suou, mas foi lá, vencendo em quatro partidas, depois de perder a primeira.

 

Lopez teve o mérito de puxar Federer até aos limites, mas isso não lhe deu a vitória. Ainda assim, bom torneio para o espanhol.

 

Resultados do dia 8 - Singulares Masculinos; Singulares Femininos

Ordem dos jogos do dia 9

 

p.s.: comentários incluídos nas fotos

 

publicado por Morais às 19:03
link do post | comentar | favorito
Domingo, 2 de Setembro de 2007

US Open - Dia 6 em imagens

Jimmy Connors

 

Andy Roddick

 

Nikolay Davydenko

 

Nicolas Almagro

 

Thomas Berdych

 

Tommy Haas

 

Feliciano Lopez

 

Donald Young

 

John Isner

 

Roger Federer

 

Agnieszka Radwanska

 

Victoria Azarenka

 

Maria Sharapova

 

Martina Hingis

 

Anna Chakvetadze

 

Maria Kirilenko

 

Tamira Paszek

 

Patty Schnyder

 

Hyung-Taik Lee

 

Andy Murray

 

James Blake

 

Nicole Vaidisova

 

Resultados do dia 6 - Singulares Masculinos; Singulares Femininos

Ordem dos jogos do dia 7

 

publicado por Morais às 01:45
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 31 de Agosto de 2007

US Open - Dia 4 em imagens

Jimmy Connors, actual treinador de Andy Roddick, é uma estrela onde quer que vá e, nos EUA, seu país natal, não é excepção

 

O escocês Andy Murray venceu a sua segunda partida consecutiva no US Open, facto que aconteceu pela primeira vez desde o regresso ao activo. Derrotou Jonas Bjorkman em cinco sets.

 

Bjorkman ofereceu excelente réplica, mas não foi capaz de contrariar a inspiração de Murray.

 

Discretamente, o alemão Tommy Haas já está na terceira ronda. Ontem, venceu um compatriota...

 

Phillip Petzschner, que tombou em quatro sets, depois de vencer o de abertura.

 

Ontem, Andy Roddick chegou a preocupar. O favorito do público perdeu o primeiros set, mas logrou recuperar, ainda antes do adversário, Jose Acasuso, ser forçado a desistir.

 

Hyung-Taik Lee foi a surpresa do dia. O coreano derrotou Guillermo Cañas e tornou ainda mais fácil a metade do quadro de Roger Federer ao eliminar uma das suas "bestas negras".

 

No sector feminino, Svetlana Kuznetsova sofreu mas passou. Camille Pin ainda chegou a assustar a russa, sem, no entanto, obter resultados práticos.

 

Martina Hingis poderá muito bem ser a oponente de Kuznetsova nos oitavos-de-final. A suíça desenvencilhou-se da francesa Pauline Parmentier, em duas partidas.

 

Tamira Pazek tem sido uma agradável surpresa. Aos 16 anos, a finalista da edição júnior do ano transacto, já está na terceira ronda, depois de despachar Francesca Schiavone, uma jogadora com mais 11 anos de idade.

 

Nicole Vaidisova, que está a experimentar uma nova linha de roupa, derrotou a sempre difícil italiana Flavia Pennetta.

 

E, por fim, num dos últimos encontros da sessão diurna, Patty Schnyder derrotou Severine Bremond, marcando encontro com Tamira Paszek, na ronda seguinte.

 

Reservados para a sessão nocturna, apenas dois encontros. Sharapova e Blake foram as figuras desses dois encontros e ambos venceram. Sharapova com facilidade, Blake à custa de muito suor.

 

Começando por Blake, o norte-americano foi obrigado a jogar uma quinta partida para levar de vencida Fabrice Santoro, que desperdiçou 3 break-points que o poriam a servir para fechar o encontro.

 

A sempre fidelíssima falange de apoio a Blake este bem activa e ajudou a "empurrar" Blake para a terceira ronda.

 

Santoro tentou impedi-lo por todos os meios, recorrendo às mais incríveis acrobacias. Aos 34 anos, o francês continua a dar muito espectáculo e já disse querer continuar por mais alguns anos.

 

E cabe a Sharapova a honra de "fechar" o post. A russa esteve novamente muito bem e impôs-se à australiana Casey Dell'Acqua, cedendo apenas um jogo pela segunda partida consecutiva.

 

Resultados do dia 4 - Singulares Masculinos; Singulares Femininos

Ordem dos jogos do dia 5

 

p.s.: comentários inseridos nas fotos

 

publicado por Morais às 10:32
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 29 de Agosto de 2007

US Open - Dia 2 em imagens

O globo gigante é uma imagem de marca do Open dos EUA

 

Lleyton Hewitt foi um dos primeiros vencedores do 2º dia. Derrotou convincentemente o americano Amer Delic, por 6-2, 6-4 e 6-2.

 

Também Novak Djokovic entrou muito bem, deixando um sério aviso à concorrência. O sérvio venceu o lucky loser holandês Robin Haase (jogará contra Portugal na Taça Davis) de forma muito fácil.

 

James Blake foi protagonista de um dos mais interessantes duelos do dia. Pese embora a vitória por 3-0, o seu compatriota Michael Russell deu muita luta. Ambos proporcionaram momentos de belo ténis.

 

Para além de Blake, também Nalbandian esteve em destaque no 2º dia. O argentino jogou contra Ivan Navarro Pastor e venceu, por 7-5, 7-6(7-4) e 7-6(8-6), num jogo muito emotivo.

 

Já nos encontros nocturnos, Andy Roddick e Justin Gimelstob protagonizaram momentos de pura diversão. Aqui, Gimelstob entrevista Roddick, o vencedor do duelo.

 

No lado feminino, Martina Hingis foi uma das coqueluches do dia. A suíça, que recentemente terminou o noivado com Radek Stepanek, venceu a francesa Mathilde Johansson, por fáceis 6-0 e 6-3.

 

Por fim, Maria Sharapova, detentora do título, entrou a todo o gás na edição deste ano. Cilindrou a italiana Roberta Vinci: 6-0 e 6-1!

 

Roberta Vinci protagonizou um dos momentos mais caricatos / divertidos do dia. A italiana perdia já por 6-0 e 5-0 quando conseguiu fazer, in extremis, o seu primeiro e único jogo. Quando o conseguiu, pulou de alegria e festejou efusivamente com o público.

 

Resultados do dia 2: Singulares masculinos, Singulares femininos

Ordem dos jogos do dia 3

 

p.s.: detalhes incluídos nas fotos

 

publicado por Morais às 13:30
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 27 de Agosto de 2007

US Open - O início

Tem hoje início o Open dos EUA, quarta e última prova do Grand Slam desta época de 2007. Nos courts de Flushing Meadows (Nova-Iorque), ao longo da próxima quinzena, os 128 tenistas de cada um dos quadros de singulares (masculinos e femininos) procurarão lutar pelo tão almejado troféu e pelo ainda mais apetecível prémio monetário, este ano mais exorbitante que nunca. Só para se ter uma ideia, caso Roger Federer ou Maria Sharapova, vencedores do US Open Series -conjunto de provas do "Verão americano"-, vençam o torneio nova-iorquino, levarão para casa qualquer coisa como dois milhões de euros, o maior prémio alguma vez pago a um(a) tenista.

No lado dos homens, precisamente Roger Federer é o grande favorito à vitória final, não só porque conquistou o título nas últimas três edições, como também por ser o líder incontestado do ranking mundial. No entanto, terá de ter muita atenção à concorrência, com Rafael Nadal, Novak Djokovic e Andy Roddick à cabeça e sempre prontos a abater o suíço.

No lado das senhoras, Justine Henin e Maria Sharapova (detentora do título) partem como principais candidatas, mas a belga parece ter uma tarefa mais difícil, uma vez que volta a ter Serena Williams no seu quarto de quadro e ainda Venus Williams na mesma metade. E depois, claro, há sempre que contar com as tenistas de leste, nomeadamente as sérvias Jelena Jankovic e Ana Ivanovic, que se encontram em excelente forma e prometem dar muito que falar.

Muito espectáculo em perspectiva para os próximos dias, sobretudo nos encontros nocturnos, geralmente os mais interessantes e com uma atmosfera incrível, que propicia momentos memoráveis. A não perder!

 

p.s.: retirado do site Livre Indirecto. Aqui.

 

publicado por Morais às 15:20
link do post | comentar | favorito
Domingo, 26 de Agosto de 2007

US Open - Grandes pontos (Parte III)

#1 - Andre Agassi vs Alex Corretja - 2ª ronda 1995

 

http://www.youtube.com/watch?v=4oU_RFgFWaU

 

#2 - Roger Federer vs Andre Agassi - Final 2005

  

 

#3 - Rafael Nadal vs Luis Horna - 2ª ronda 2006

 

 http://www.youtube.com/watch?v=oJJng5q8JUk

 

#4 - Andy Roddick - Juan Ignacio Chela - 4ª ronda 2002

  

 

#5 - Lleyton Hewitt vs Richard Gasquet - 4ª ronda 2006

  

 

publicado por Morais às 15:56
link do post | comentar | favorito
Sábado, 25 de Agosto de 2007

US Open - Grandes pontos (Parte I)

Nos próximos dias, aproveitando a proximidade do US Open, quarta e última etapa do Grand Slam da temporada, colocarei aqui alguns vídeos de bons (alguns fantásticos) pontos jogados em solo nova-iorquino ao longo das últimas décadas. Desfrutem!

 

#1 - Roger Federer vs Andy Roddick - Final 2006 - Ponto 1

 

  

#2 - Roger Federer vs Andy Roddick - Final 2006 - Ponto 2

  

 

 #3 - Roger Federer vs Andy Roddick - Final 2006 - Ponto 3 

 

 

 #4 - Roger Federer vs Andy Roddick - Final 2006 - 4 

 

  

#5 - Pete Sampras vs Andre Agassi - Final 1995

  

  

publicado por Morais às 18:25
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 14 de Agosto de 2007

ATP e WTA - Torneios da semana

ATP - CincinnatiWTA - Toronto

Tal como na semana transacta, disputam-se, no decorrer desta que agora começa, apenas dois torneios de nível ATP ou WTA. Cincinnati para os homens e Toronto para as senhoras são os palcos do espectáculo, que promete ser muito, atendendo à cotação de ambos: Masters Series.

Roddick procura voltar a triunfar em Cincinnati

Em Cincinnati cabe  Andy Roddick a árdua tarefa de tentar defender o título conquistado em 2006, ele que se mostra sempre muito activo no circuito de Verão americano -venceu o chamado US Open Series, circuito constituído por várias provas em solo americano, nos dois últimos anos. No entanto, a oposição é muito forte e Novak Djokovic (vencedor em Montréal), Roger Federer (incontestável nº1 mundial) e Rafael Nadal (atenção a Youzhny!) parecem ser os candidatos mais sérios a suceder ao norte-americano. A ver vamos...

Ana Ivanovic tentará defender o título conquistado o ano passado, em Montréal

Já em Toronto, finalmente teremos o prazer de voltar a ver Justine Henin actuar. A belga esteve ausente do circuito desde o passado torneio de Wimbledon, não tendo competido depois da surpreendente derrota nas meias-finais do torneio britânico, frente a Marion Bartoli, mas agora promete um regresso em força, perfilando-se para a conquista do título. Ana Ivanovic é a titular do torneio e chega ao Canadá com a confiança reforçada, depois da recente conquista em Los Angeles, mas há ainda que ter em conta nomes como Jelena Jankovic, Anna Chakvetadze ou Svetlana Kuznetsova, todas elas bem capazes de arrebatar o título. Quem levará a melhor?

 

Quadro Cincinnati'07

Quadro Toronto'07

 

publicado por Morais às 16:39
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 13 de Agosto de 2007

Montréal - Melhores encontros

Uma vez que há muitas e boas almas que se dispõem a colocar encontros completos e muitos resumos das melhores partidas de cada torneio, resolvi fazer uma compilação dos que me parecem mais interessantes e disponibilizar aqui para todos os que desejem fazer o download dos mesmos. Desde já, um agradecimento especial ao site TennisVideos.

 

Partidas Completas

J.C. Ferrero - L. Hewitt: Parte 1, Parte 2, Parte 3, Parte 4, Parte 5, Parte 6, Parte 7

N. Djokovic - N. Kiefer: Parte 1, Parte 2, Parte 3, Parte 4, Parte 5

N. Djokovic - A. Roddick: Parte 1, Parte 2, Parte 3, Parte 4

N. Djokovic - R. Nadal: Parte 1, Parte 2, Parte 3, Parte 4

N. Djokovic - R. Federer: Parte 1, Parte 2, Parte 3, Parte 4

R. Federer - L. Hewitt: Parte 1, Parte 2, Parte 3, Parte 4, Parte 5

R. Federer - I. Karlovic: Parte 1, Parte 2

 

Resumos

R. Nadal - M. Safin

R. Federer - L. Hewitt

F. Verdasco - R. Gasquet

A. Roddick - A. Clement

F. Fognini - A. Murray

D. Nalbandian - D. Ferrer

R. Federer - I. Karlovic

 

NOTA: todas as partidas, à excepção da final, têm comentários em francês. Caso algum link expire, nada poderei fazer, uma vez que não são da minha responsabilidade, nem tão-pouco tenho capacidade para fazer uploads desta dimensão.

 

publicado por Morais às 19:13
link do post | comentar | favorito

.Visitas

blogs SAPO