.posts recentes

. Análise das polls - Vence...

. Fotos Open da Austrália

. O primeiro de "Nole"

. Sharapova vence Open da A...

. Open da Austrália - foto ...

. Open da Austrália - foto ...

. Open da Austrália - foto ...

. Open da Austrália - foto ...

. Open da Austrália - foto ...

. Open da Austrália - foto ...

.arquivos

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.pesquisar

 

.links

Sábado, 19 de Janeiro de 2008

Open da Austrália - foto do dia 4




No duelo emocionante entre Marat Safin e Marcos Baghdatis, foi este quem levou a melhor, "correndo" para a terceira ronda do Open da Austrália. O cipriota venceu por 6-4, 6-4, 3-6, 2-6 e 6-2.


publicado por Morais às 00:39
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2008

Open da Austrália - Foto do dia 3




Desde o início, Maria Sharapova sabe que tem na tentativa de conquistar o título neste Open da Austrália uma missão espinhosa.
Hoje, ultrapassou o primeiro dos seus mais difíceis obstáculos: Lindsay Davenport. A norte-americana sucumbiu ao poderio da russa, que triunfou por claros 6-1 e 6-3.

publicado por Morais às 15:03
link do post | comentar | favorito

Open da Austrália - Foto do dia 2




Imperial. Sabia-se que a tarefa não seria difícil, mas nem por isso o suíço Roger Federer, incontestado número um mundial, facilitou. Despachou o argentino Diego Hartfield, cedendo apenas 3 jogos: 6-0, 6-3 e 6-0. Os adversários que se cuidem...


publicado por Morais às 10:52
link do post | comentar | favorito

Open da Austrália - Foto do dia 1




O desespero de Andy Murray no encontro que ditou a sua eliminação precoce do torneio australiano. O escocês era um forte candidato ao triunfo final, mas não foi capaz de ultrapassar Jo-Wilfried Tsonga, logo na eliminatória inaugural.


publicado por Morais às 10:43
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2008

Open da Austrália - Momento do dia



Fantástico esforço de Jelena Jankovic, que aqui enfrentava o primeiro match-point dos três que teve de salvar no encontro da primeira ronda, frente a Tamira Paszek. Alguma sorte, mas também muita força de vontade, no momento mais espectacular do dia.

publicado por Morais às 22:12
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Open da Austrália já em andamento


Imagem da renovada Rod Laver Arena, palco principal deste tornsio do Grand Slam

Começou há já alguns minutos o Open da Austrália, primeira prova do Grand Slam da temporada de 2008. Este ano com a imagem renovada, graças à mudança de piso e respectiva cor (para Plexicushion azul), e com os quadros mais fortes dos últimos anos, a prova promete ser mais emotiva e espectacular ainda. É grande a expectativa em torno da forma que apresentarão os tenistas de topo que agoram retomam a actividade e do aparecimento de alguma cara nova, potencial revelação da temporada corrente. Na prova masculina, Roger Federer é o crónico grande candidato a um título que defende, mas a concorrência é muito forte e a sua metade de quadro -inclui Djokovic, Nalbandian, Baghdatis, Berdych, Safin e Hewitt, entre outros- bem mais complicada que a do espanhol Rafael Nadal -inclui Murray, Davydenko e Roddick-, também ele favorito ao triunfo neste evento australiano. Uma questão interessante reside no facto de, pela primeira vez, Nadal poder terminar uma prova como número um mundial, dado que o suíço, líder da hierarquia masculina, defende 1000 pontos neste evento e o maiorquino apenas 250, sendo que a diferença pontual entre ambos no ranking se cifra nos 1400 pontos. Improvável, mas possível. Já na prova feminina, apesar de ser Serena Williams a detentora do título, todas as atenções estarão centradas na belga Justine Henin, ausente na edição transacta. A belga é líder incontestada do ranking feminino e, sem dúvida, a que melhores atributos apresenta para atingir a vitória final. No entanto, terá de estar muito atenta, não só a Serena como também à sua irmã Venus e, entre outras, às russas Maria Sharapova e Svetlana Kuznetsova, à regressada Lindsay Davenport (perdeu apenas um dos 17 encontros que disputou depois de ser mãe) ou às sérvias Ana Ivanovic e Jelena Jankovic. Muito e bom ténis em perspectiva para as próximas duas semanas deste evento de categoria máxima, que oferece mais de 12 milhões de euros em prémios monetários, repartidos equitativamente pelos torneios masculino e feminino.

p.s.: artigo publicada no site Livre Indirecto

publicado por Morais às 01:15
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2008

Quadros do Open da Austrália disponíveis

Estão já disponíveis no site Bolamarela os quadros masculino e feminino do Open da Austrália, primeiro torneio do Grand Slam da presente temporada.

 

Quadro masculino

Quadro feminino

 

Jogos em destaque

 

Masculinos

 

Roger Federer (1) - Diego Hartfield

Rafael Nadal (2) - qualifier

Novak Djokovic (3) - Benjamin Becker

Nikolay Davydenko (4) - Michael Llodra

Jo-Wilfried Tsonga - Andy Murray (9)

Ernests Gulbis - Marat Safin

Thomas Johansson - Marcos Baghdatis (15)

Nicolas Kiefer - Juan Carlos Ferrero (22)


Femininos

 

Justine Henin (1) - Aiko Nakamura

Svetlana Kuznetsova (2) - Nathalie Dechy

Jelena Jankovic (3) - Tamira Paszek

Ana Ivanovic (4) - Sorana Cirstea

Nicole Vaidisova - Ioana Raluca Olaru

Lindsay Davenport - Sara Errani

 

publicado por Morais às 09:53
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 4 de Janeiro de 2008

EUA conquistam a Hopman Cup



Os EUA venceram, hoje, a 5ª Hopman Cup do seu historial. A equipa americana, formada por Mardy Fish e Serena Williams (substituiu Megan Shaugnessy depois da primeira jornada), levou de vencida a sua congénere sérvia (Novak Djokovic e Jelena Jankovic), por 2-1, na final disputada em Perth, na Austrália.
Depois de dominarem os respectivos grupos de apuramento, com 3 vitórias em outros tantos jogos, foram os americanos a revelar-se mais fortes na partida decisiva, aproveitando o facto de Jelena Jankovic não ter disputado o primeiro singular (devido a lesão) para se adiantarem no marcador e confirmando, mais tarde, a vitória no par realizado após o segundo singular (Djokovic venceu Fish em 3 partidas).
Esta prova de exibição é uma das mais credenciadas do mundo, realizando-se anualmente desde 1988, e serve de preparação para o Open da Austrália, que se inicia dentro de 10 dias.


Final da Hyundai Hopman Cup

EUA 2-1 Sérvia

Serena Williams v. Jelena Jankovic: F.C.
Novak Djokovic v. Mardy Fish: 6-2, 6-7(4), 7-6(4)
Williams/Fish d Jankovic/Djokovic 7-6(4), 6-2



publicado por Morais às 21:04
link do post | comentar | favorito

Cuidado com ela...



Tal como fiz para o circuito masculino, elegi a minha aposta para 2008, no que ao circuito mundial feminino diz respeito.
Tamira Paszek, de seu nome, até perdeu, hoje, nas meias-finais do torneio de Auckland, às mãos de Lindsay Davenport.
Ainda assim, a jovem austríaca deu mostras daquilo que pode e sabe fazer e, na minha opinião, tem tudo para singrar no cada vez mais competitivo circuito sénior feminino. Ou muito me engano, ou Paszek vai estar ainda em maior evidência que na temporada transacta -terminou na 41ª posição do ranking mundial- e fará furor já no primeiro Grand Slam da temporada, o Open da Austrália, com início marcado para o próximo dia 14 de Janeiro. A ver vamos...

publicado por Morais às 01:08
link do post | comentar | favorito
Domingo, 11 de Novembro de 2007

Passing-shots

Borg e McEnroe - Assistiu-se, em Liege, a mais um confronto entre estas duas lendas vivas do ténis mundial. Tal como acontecera em Eindhoven, há cerca de 6 semanas atrás, McEnroe voltou a levar a melhor, demonstrando ter, ainda, outro ritmo competitivo. No entanto, desta feita, o encontro só foi decidido no Super Tie-Break, com McEnroe a vencer por 10-6.

 

Carlos Ramos - Depois da final do Open da Austrália'05 e de Wimbledon'07, o árbitro português vai voltar a estar presente na final de uma grande competição: a Taça Davis. Carlos Ramos foi destacado para arbitrar o encontro que oporá os EUA à Rússia, na companhia do espanhol Enric Molina, e, aos 36 anos, é já um dos árbitros com melhor currículo a nível mundial.

 

Guillermo Coria - Finalmente, o tenista argentino está de regresso aos courts, depois de uma ausência de quase 13 meses. Mesmo sem ter, ainda, obtido resultados auspiciosos -perdeu na primeira ronda em Belo Horizonte e Assunção-, Coria mostra-se optimista em relação ao seu futuro na modalidade e promete um ano de 2008 em força. Aguardemos para ver.

 

Tommy Haas - O tenista alemão foi o protagonista da última semana. Em causa, um possível envenenamento, aquando da meia-final da Taça Davis, que opôs a Rússia à Alemanha, em Moscovo. Depois do seu compatriota, Alexander Waske, ter revelado que alguém lhe dissera que Haas havia sido envenenado, o próprio jogador veio dizer que passou muito mal a noite de Sexta-feira (21 de Setembro) e que o que teve não foi apenas um simples distúrbio gástrico. No entanto, a Federação Alemã cedo tratou de acalmar a polémica, afirmando não haver motivos que levem a crer que Tommy Haas tenha sido envenenado, pelo que esta história deve mesmo ficar por aqui.

 

Ranking mundial - Nunca antes a diferença entre Roger Federer e Rafael Nadal no ranking mundial foi tão curta. Pela primeira vez desde que Nadal atingiu a segunda posição da hierarquia que Federer domina desde 2004, os dois jogadores estão separados por uma margem inferior a 1000 pontos.

Com efeito, com a derrota precoce do suíço em Paris e a chegada do espanhol à final desse mesmo evento, o nº1 mundial passou a somar "apenas" 6530 pontos, contra os 5535 de Nadal.

Assim, o tal objectivo de chegar ao primeiro posto do South African Airways ATP Ranking em 2009, assumido por Nadal, pode mesmo vir a ser concretizado ainda no decorrer da próxima época, tudo dependendo da performance dos dois jogadores. A luta continua.

 

Alessio Di Mauro - O tenista italiano é a primeira vítima da caça aos apostadores. Esta semana, foi suspenso por 9 meses pelo ATP e condenado a pagar uma malta de mais de 40000€ por ser um apostador activo em partidas de ténis. Ainda que não se tenha provado que o italiano apostou em partidas suas, o ATP fez-se valer dos regulamentos, que proibem que qualquer jogador faça apostas desportivas e sancionou o italiano, um dos envolvidos no escândalo despoletado pelo russo Nikolay Davydenko.

 

Gastão Elias - Artigo F.P.Ténis

 

publicado por Morais às 11:13
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 10 de Setembro de 2007

A despedida de Paola Suárez

Paola Suarez despediu-se do ténis profissional

Todo o mediatismo em torno da despedida de Tim Henman do circuito ATP acabou por ofuscar um pouco a retirada da argentina Paola Suárez, uma excepcional jogadora que se tornou na primeira sul-americana a ocupar o posto de nº1 mundial de pares, durante 87 semanas, e que figurou ainda no top-10 da mais exigente variante de singulares.

Paola Suárez iniciou a sua carreira profissional em 1994, numa fase em que a argentina Gabriela Sabatini, grande referência do ténis no país das pampas e responsável indirecta pela aposta de Suárez no ténis profissional, se encontrava na curva descendente da sua carreira. Vista como uma possível sucessora de Sabatini, Paola Suárez acabou por não conseguir resultados tão relevantes em singulares, conquistando apenas 4 títulos no circuito WTA e tendo em Roland Garros 2004 a sua melhor prestação num torneio do Grand Slam (meias-finais); em contrapartida, a carreira na variante de pares, em conjunto com Virginia Ruano-Pascual, foi a todos os níveis excepcional, ficando marcada pela conquista de oito provas do Grand Slam -uma no Open da Austrália (2004), quatro em Roland Garros (2001, 2002, 2004 e 2005) e três no Open dos EUA (2002, 2003 e 2004)-, bem como pela vitória no Masters (2003) e pelas diversas finais no All England Club (2002, 2003 e 2006).

Em 2005, após a vitória obtida em Roland Garros, Suarez foi obrigada a parar durante quase um ano, fruto de uma lesão na anca, da qual nunca viria a recuperar totalmente. Aos 30 anos, e depois de 14 temporadas ao mais alto nível, anunciou a retirada e despediu-se do ténis profissional no court 11 do complexo de ténis de Flushing Meadows perante algumas centenas de espectadores que lhe renderam uma merecida homenagem.

 

 

publicado por Morais às 21:59
link do post | comentar | favorito
Domingo, 26 de Agosto de 2007

Primeiro do ano para Kuznetsova

Kuznetsova regressou aos títulos em New Haven

A russa Svetlana Kuznetsova conquistou, em New Haven, o seu primeiro título de 2007. Num percurso algo peculiar, Kuznetsova bateu três jogadoras por desistência em rondas consecutivas. Com efeito, Francesca Schiavone (QF), Elena Dementieva (SF) e Agnes Szavay, na final, desistiram no decorrer dos duelos com a primeira cabeça-de-série, com aquela última a abandonar numa altura em que tinha vencido o primeiro set e se encontrava com um break de desvantagem na segunda partida. No mínimo caricato, mas até bastante compreensível se atendermos ao facto de que o US Open está à porta e todos os cuidados são poucos. Ainda assim, os directores dos torneios que antecedem as quatro provas do Grand Slam já manifestaram, naturalmente, o seu desagrado perante as constantes desistências de jogadores, exigindo mais garantias. Recorde-se que, no princípio do ano, em Sydney, o russo Nikolay Davydenko abandonou o seu encontro da primeira ronda, afirmando, na altura, "este torneio não tem importância nenhuma. O Open da Austrália sim, é fundamental na temporada de um tenista de topo", declarações que chocaram muita gente e lhe valeram uma pesada multa.

 

Quadro final New Haven'07

 

publicado por Morais às 11:57
link do post | comentar | favorito

.Visitas

blogs SAPO