.posts recentes

. Contrastes

. Ténis espectáculo

. Actualidade

. Análise das polls - Vence...

. Aconteceu esta semana (28...

. Bolamarela - Crónica de C...

. Karatantcheva imparável

. Poll Sampras

. Fotos Open da Austrália

. Ainda o Open da Austrália...

.arquivos

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.pesquisar

 

.links

Quarta-feira, 30 de Maio de 2007

Curiosidade

 

Que têm os seguintes encontros em comum?

 

Carlos Moya (ESP) - Andreas Seppi (ITA) : 6-1, 3-6, 6-3, 0-4 (suspenso)

Robby Ginepri (USA) - Diego Hartfield (ARG) : 4-6, 6-1, 0-0 (suspenso)

Novak Djokovic (SRB) - Santiago Giraldo (COL) : 6-3, 7-6(7-3), 0-0 (suspenso)

Guillermo Garcia-Lopez (ESP) - Tomas Berdych (CZE) : 7-5, 6-4, 2-2 (suspenso)

Flavio Cipolla (ITA) - Teimuraz Gabashvili (RUS) : 7-6(8-6), 6-3, 0-0 (suspenso)

David Ferrer (ESP) - Daniele Bracciali (ITA) : 6-1, 6-1, 0-0 (suspenso)

Oscar Hernandez (ESP) - Juan-Pablo Guzman (ARG) : 7-6(7-4), 6-0, 3-1 (suspenso)

 

Aparentemente, nada mais que o facto de serem os encontros relativos à primeira ronda do quadro masculino de Roland Garros que hoje ficaram por terminar, devido à falta de luz natural. Mas, se olharmos atentamente para os resultados, concluiremos que todos eles têm uma particularidade interessante: foram suspensos quando a soma do número de jogos do set em curso (ou por começar) é par. Esta é uma das regras da modalidade, uma daquelas que muito raramente é necessário aplicar em torneios do circuito. Assim, quando é impossível prosseguir a partida por motivo de falta de luz natural (não havendo luz artificial), o encontro só poderá ser interrompido quando a soma dos jogos do set em curso é par (0-0 conta como par).

Para mais informações sobre as regras do ténis, consultar o ATP Official Rulebook 2007.

 

publicado por Morais às 01:46
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.Visitas

blogs SAPO