.posts recentes

. Contrastes

. Ténis espectáculo

. Actualidade

. Análise das polls - Vence...

. Aconteceu esta semana (28...

. Bolamarela - Crónica de C...

. Karatantcheva imparável

. Poll Sampras

. Fotos Open da Austrália

. Ainda o Open da Austrália...

.arquivos

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.pesquisar

 

.links

Segunda-feira, 2 de Julho de 2007

Wimbledon - Dia 7 em imagens

 Em dia de regresso ao ténis, depois da tradicional pausa dominical, foi a chuva quem ditou as leis. Com muito para recuperar, os jogos tinham início previsto para as 11h, mas apenas começaram às 14h.

 Tomas Berdych, cujo jogo tinha ficado por concluir no passado Sábado, rapidamente resolveu a contenda a seu favor, eliminando o sul-coreano Hyung-Taik Lee em três partidas.

 Já o cipriota Marcos Baghdatis só hoje pôde iniciar o seu encontro e demonstrar que a chegada às meias-finais da edição passada não foi mero acaso. Desta feita, despachou o argentino David Nalbandian, finalista em 2002, e com um 6-0 no terceiro e último set.

Nalbandian exibiu-se bem para quem tem estado muitas semanas parado, mas Baghdatis foi demasiado forte e "chutou-o" para fora do torneio. 

 Também o russo Mikhail Youzhny se apurou para os oitavos-de-final, à custa do finlandês Jarkko Nieminen. Três sets bastaram para o russo carimbar a vitória.

 No encontro mais aguardado do dia, entre Rafael Nadal e Robin Soderling, o espanhol jogou dois sets de ténis muito consistente e, depois de recuperar da desvantagem no terceiro parcial, dispôs de match-point no tie-break dessa partida, a 7-6, com serviço.

No entanto, falhou uma direita aparentemente fácil e permitiu a igualdade a 7, mesmo antes da chuva aparecer e obrigar à retirada dos jogadores do court 1. 

 No reatamento, Nadal apresentou-se mais nervoso e impaciente, certamente afectado pelo facto de não ter resolvido as coisas a seu favor quando teve oportunidade para tal. Aproveitou bem o sueco para conquistar os dois primeiros pontos e vencer o terceiro set, repetindo a dose no quarto, desta vez com um 6-4.

 No entanto, Nadal quebrou o serviço de Soderling no início da quinta partida, para se adiantar para 2-0. Mas ainda não foi hoje que se concluiu o encontro, porque a chuva voltou a forçar a interrupção da partida. Horas extra para o espanhol, que certamente estará a rogar muitas pragas a estes organizadores "quadrados", que tanta importância dão a tradições ridículas.

 Outro dos desesperados com o clima londrino é Guillermo Cañas. O argentino também viu o seu encontro frente ao australiano Lleyton Hewitt ser interrompido duas vezes e terá de voltar ao court amanhã. Por hoje, as contas ficaram num 6-4, 3-6 e 3-1 a favor de Hewitt.

 Quem não dá hipóteses ao clima é Justine Henin. A belga consegue sempre escapar ao mau tempo, resolvendo os seus encontros antes que a chuva tenha tempo de afectá-los. Hoje, despachou a suíça Patty Schnyder, por 6-2 e 6-2 e já está nos quartos-de-final.

 E a sua adversária nessa fase será Serena Williams. Hoje, a norte-americana venceu a eslovaca Daniela Hantuchova, mas não ganhou para o susto. Quando o marcador mostrava 5-5 no segundo set, a americana caiu depois de uma troca de bola, contorcendo-se com cãibras.

 Prontamente assistida pela fisioterapeuta do torneio, a americana conseguiu aguentar-se mais um pouco, mas quando estava à beira de perder o segundo set, foi a chuva que a salvou, forçando a uma paragem de cerca de duas horas. Quando a partida recomeçou, Serena apareceu já melhor e, apesar de ter mesmo perdido o segundo parcial, selou a vitória com um 6-2 na "negra".

 A simpática sérvia Ana Ivanovic apurou-se também hoje, mas apenas para os oitavos-de-final, concluindo o seu embate frente à francesa Aravane Rezai.

 Quem continua a surpreender é a austríaca Tamira Paszek, que regressou ao court para vencer Elena Dementieva, apesar de trazer uma desvantagem de um set da véspera. Excelente a caminhada desta austríaca, que promete dar muito que falar.

 Muito sofrida foi a vitória de Venus Williams, que apenas foi capaz de vergar a japonesa Akiko Morigami na terceira partida e por 7-5. Na próxima ronda, Williams defronta Maria Sharapova, num duelo de gigantes.

 E o dia terminou tal qual começou, com muita chuva. A partir das 20h não foi possível jogar no All England Club. Começa a ser preocupante, até porque não estão previstas grandes melhorias até quinta-feira. Pena para quem gosta de ver ténis do bom.

 

 

Resultados do dia:

 

Singulares masculinos

Singulares femininos

 

Ordem dos jogos - Dia 8

 

publicado por Morais às 21:40
link do post | comentar | favorito

.Visitas

blogs SAPO