.posts recentes

. Contrastes

. Ténis espectáculo

. Actualidade

. Análise das polls - Vence...

. Aconteceu esta semana (28...

. Bolamarela - Crónica de C...

. Karatantcheva imparável

. Poll Sampras

. Fotos Open da Austrália

. Ainda o Open da Austrália...

.arquivos

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.pesquisar

 

.links

Sábado, 15 de Setembro de 2007

Semana de sonho

Frederico Gil fez história em Sevilha

O ténis português viveu uma verdadeira semana de sonho. Se as prestações de Gastão Elias e Leonardo Tavares, no 15000$ de Falun, foram extremamente meritórias, o título que Frederico Gil alcançou, no challenger de 50000$ de Sevilha, coloca-o mesmo na história do ténis nacional, dado que é apenas o terceiro a conseguir a proeza de vencer uma prova desta envergadura -os outros foram os inevitáveis Nuno Marques e Cunha e Silva.

Fruto de um percurso a todos os níveis notável, Frederico Gil arrebatou o título na prova espanhola, tendo derrotado cinco espanhóis em cinco rondas. Carlos Poch-Gradin, Miguel Ange Lopez Jaen, Jose Antonio Sanchez de Luna, Marcel Granollers-Pujol (190º) e Pablo Andujar (171º), por esta ordem, sucumbiram ao poderio do atleta português, que apenas numa ocasião (quartos-de-final) foi obrigado a suar para vencer.

Com este resultado, Gil subirá no ranking mundial, para muito próximo do lugar 130 e recebe uma dose extra de confiança, em vésperas da importantíssima eliminatória da Taça Davis, frente à Holanda, que servirá para decidir quem fica no Grupo I da Zona Euro-africana e quem desce à segunda divisão do referido grupo.

Quanto aos já citados Gastão Elias e Leonardo Tavares, ambos estiveram em terras nórdicas a competir. Na Suécia, em Falun, Gastão atingiu os quartos-de-final do evento local, batendo um top-400 do mundo pelo caminho, ao passo que Leonardo logrou mesmo chegar às meias-finais da prova, eliminando mais dois top-400 e cedendo apenas frente ao primeiro cabeça-de-série, Michael Ryderstedt, por 6-0 e 7-5.

 

Quadro final Sevilha'07

Quadro final Falun'07

 

publicado por Morais às 14:25
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 10 de Setembro de 2007

ATP e WTA - Torneios da semana

BeijingBucaresteBali

Pode dizer-se que esta é a semana dos "B". Disputar-se-ão, para além da final da Fed Cup (Rússia vs Itália), lá mais para o fim da semana, dois torneios de nível ATP e um de nível WTA e todos eles têm um aspecto comum: a primeira letra do nome da cidade em que são jogados. Beijing, cidade chinesa que acolherá os próximos Jogos OlÍmpicos, Bucareste, capital romena, e Bali, na Indonésia, sendo que as duas primeiras contarão com a presença das estrelas do circuito masculino, ao passo que a última terá direito a receber várias jogadoras do circuito WTA.

Em Beijing, no denominado "China Open", estarão presentes, entre outros, o incansável russo Nikolay Davydenko, o chileno Fernando Gonzalez, o espanhol Tommy Robredo e o cipriota Marcos Baghdatis, actual detentor do título; já em Bucareste, no regresso à terra batida, Nicolas Almagro será o cabeça de cartaz, mas outros jogadores, tais como os italianos Potito Starace e Filippo Volandri, bem como o austríaco e campeão em título, Jurgen Melzer, poderão ter uma importante palavra a dizer.

No lado das senhoras, em virtude da já referenciada final da Fed Cup e da proximidade do Open dos EUA, é de notar a ausência de grandes estrelas no quadro principal, mas Jelena Jankovic e Daniela Hantuchova, bem como a regressada Lindsay Davenport, prometem animar a semana tenística. Certo é que teremos nova campeã, uma vez que Svetlana Kuznetsova, a russa que recentemente atingiu a final do Open dos EUA, não poderá marcar presença.

 

Quadro Beijing'07

Quadro Bucareste'07

Quadro Bali'07

 

publicado por Morais às 23:59
link do post | comentar | favorito

O brincalhão com dotes de actor

 

Novak Djokovic causou furor neste US Open, dentro e fora dos courts. Dentro porque atingiu a final do evento, fora pelas constantes brincadeiras de que é protagonista. No decorrer da semana, foi filmado a imitar colegas dos circuitos ATP e também WTA no balneário dos jogadores e depois, na cerimónia final, foi desafiado pelo mestre de cerimónia a exibir os seus dotes em público. Escusado será dizer que o sérvio não recusou e que arrancou sonoras gargalhadas da plateia. Abaixo os vídeos, pela ordem referida.

 

publicado por Morais às 23:37
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

A despedida de Paola Suárez

Paola Suarez despediu-se do ténis profissional

Todo o mediatismo em torno da despedida de Tim Henman do circuito ATP acabou por ofuscar um pouco a retirada da argentina Paola Suárez, uma excepcional jogadora que se tornou na primeira sul-americana a ocupar o posto de nº1 mundial de pares, durante 87 semanas, e que figurou ainda no top-10 da mais exigente variante de singulares.

Paola Suárez iniciou a sua carreira profissional em 1994, numa fase em que a argentina Gabriela Sabatini, grande referência do ténis no país das pampas e responsável indirecta pela aposta de Suárez no ténis profissional, se encontrava na curva descendente da sua carreira. Vista como uma possível sucessora de Sabatini, Paola Suárez acabou por não conseguir resultados tão relevantes em singulares, conquistando apenas 4 títulos no circuito WTA e tendo em Roland Garros 2004 a sua melhor prestação num torneio do Grand Slam (meias-finais); em contrapartida, a carreira na variante de pares, em conjunto com Virginia Ruano-Pascual, foi a todos os níveis excepcional, ficando marcada pela conquista de oito provas do Grand Slam -uma no Open da Austrália (2004), quatro em Roland Garros (2001, 2002, 2004 e 2005) e três no Open dos EUA (2002, 2003 e 2004)-, bem como pela vitória no Masters (2003) e pelas diversas finais no All England Club (2002, 2003 e 2006).

Em 2005, após a vitória obtida em Roland Garros, Suarez foi obrigada a parar durante quase um ano, fruto de uma lesão na anca, da qual nunca viria a recuperar totalmente. Aos 30 anos, e depois de 14 temporadas ao mais alto nível, anunciou a retirada e despediu-se do ténis profissional no court 11 do complexo de ténis de Flushing Meadows perante algumas centenas de espectadores que lhe renderam uma merecida homenagem.

 

 

publicado por Morais às 21:59
link do post | comentar | favorito

US Open - Historial dos últimos 20 anos

São muitos os nomes já inscritos no troféu do Open dos EUA, a maior parte deles correspondentes a grandes ícones da modalidade. Nos últimos 20 anos, destaque, no lado masculino, para Pete Sampras e Roger Federer, bem como para Ivan Lendl, que surge apenas uma vez nesta lista, mas continua a deter o recorde de finais consecutivas em Flushing Meadows: 8 (!), das quais venceu três; do lado feminino, natural relevo para a campeoníssima alemã Steffi Graf, vencedora em cinco ocasiões e também, mais recentemente, para as irmãs Williams.

 

Ano      Masculinos                  Femininos
2007    Roger Federer            Justine Henin
2006    Roger Federer            Maria Sharapova  
2005    Roger Federer            Kim Clijsters
2004    Roger Federer            Svetlana Kuznetsova 
2003    Andy Roddick             Justine Henin-Hardenne
2002    Pete Sampras             Serena Wiliams
2001    Lleyton Hewitt            Venus Williams  
2000    Marat Safin                 Venus Williams  
1999    Andre Agassi              Serena Williams
1998    Patrick Rafter             Lindsay Davenport 
1997    Patrick Rafter             Martina Hingis
1996    Pete Sampras             Steffi Graf 
1995    Pete Sampras             Steffi Graf 
1994    Andre Agassi              Arantxa Sanchez 
1993    Pete Sampras             Steffi Graf 
1992    Stefan Edberg            Monica Seles   
1991    Stefan Edberg            Monica Seles 
1990    Pete Sampras             Gabriela Sabatini  
1989    Boris Becker               Steffi Graf                       
1988    Mats Wilander            Steffi Graf 
1987    Ivan Lendl                  Martina Navratilova

 

publicado por Morais às 19:52
link do post | comentar | favorito

US Open - Votações

Os vencedores da 127ª edição do Open dos EUA, Roger Federer e Justine Henin, eram e continuarão a ser os primeiros classificados dos respectivos rankings mundiais masculino e feminino, pelo que eram os vencedores mais lógicos e mais esperados à partida. Pois bem, naturalmente, esse facto reflectiu-se claramente nos resultados obtidos nas votações que decorreram antes e durante a realização desta quarta e última etapa do Grand Slam. Abaixo, os resultados finais, sendo de destacar o maior volume de votos na poll relativa ao vencedor masculino. Desconhecimento ou desinteresse pelo ténis feminino?

 

Vencedor masculino

 

Vencedora feminina

 

publicado por Morais às 19:15
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

O 12º de Federer

Toda a informação sobre a 12ª vitória do suíço Roger Federer em eventos do Grand Slam pode ser encontrada aqui, no site Livre Indirecto.

 

publicado por Morais às 02:13
link do post | comentar | favorito

US Open - Juniores Femininos

A eslovaca Kristina Kucova sagrou-se vencedora do evento de juniores femininos do Open dos EUA de 2007. Kucova derrotou, na final, a campeã de Wimbledon em título, a polaca Urszula Radwanska, por 6-3, 1-6 e 7-6(7-3), num jogo que teve a duração de mais de duas horas. Foi o primeiro título do Grand Slam para a eslovaca e, simultanemente, para o seu país, a nível feminino, depois de Martin Klizan ter vencido, em 2006, o torneio júnior de Roland Garros.

 

publicado por Morais às 01:23
link do post | comentar | favorito

US Open - Juniores Masculinos

Ricardas Berankis

Ao vencer a edição de 2007 do torneio júnior do US Open, o jovem lituano Ricardas Berankis tornou-se  no primeiro lituano a conquistar uma prova do Grand Slam. Na final do evento, Berankis desembraçou-se do polaco Jerzy Janowicz com a tranquilidade que evidenciou ao longo de todo o evento, vencendo por claros 6-3 e 6-4.

 

Quadro final juniores masculinos

 

publicado por Morais às 01:22
link do post | comentar | favorito
Domingo, 9 de Setembro de 2007

US Open - Pares Mistos

Victoria Azarenka e Max Mirnyi venceram o torneio de pares mistos do US Open'07

Os conhecidos bielorrusos Max Mirnyi e Victoria Azarenka são os novos campeões de pares mistos do Open dos EUA. No culminar de um percurso quase imaculado, os bielorrusos venceram a norte-americana Megan Shaughnessy e o indiano Leander Paes, por 6-4 e 7-6(8-6).

Primeiro título do Grand Slam para Azarenka e sétimo para Mirnyi, todos na variante de pares -masculinos e mistos.

 

publicado por Morais às 20:31
link do post | comentar | favorito

US Open - Pares Femininos

Nathalie Dechy (esq.) e Dinara Safina uniram-se para este torneio e a opção gerou frutos imediatos

A experiente francesa Nathalie Dechy e a russa Dinara Safina foram as grandes vencedoras do torneio de pares femininos do Open dos EUA de 2007. A jogar em parceria pela primeira vez, a dupla franco-russa mostrou-se impararável ao longo de todo o torneio, tendo batido, na final, Yung-Jan Chan e Chia-Jung Chuang, oriundas de Taiwan, por fáceis 6-4 e 6-2.

Para Dechy foi o renovar de um título que conquistara já em 2006, enquanto Safina se estreou a vencer em Flushing Meadows, ela que, na edição transacta, fora finalista vencida.

 

Quadro final pares femininos

 

publicado por Morais às 20:09
link do post | comentar | favorito

US Open - Pares Masculinos

Julian Knowle (esq.) e Simon Aspelin venceram o torneio de pares masculinos

O austríaco Julian Knowle e o sueco Simon Aspelin sagraram-se vencedores do torneio de pares masculinos da edição de 2007 do Open dos EUA. A dupla 10ª cabeça-de-série bateu, na final, os checos Lukas Dlouhy e Pavel Vizner, 9ª, por 6-4 e 7-5 e ambos os jogadores conquistaram o seu primeiro título do Grand Slam. Cada um levará para casa uma réplica do troféu, bem como 150000€ em prémios monetários.

 

Quadro final pares masculinos

 

publicado por Morais às 19:36
link do post | comentar | favorito

.Visitas

blogs SAPO