Porto

.posts recentes

. Contrastes

. Ténis espectáculo

. Actualidade

. Análise das polls - Vence...

. Aconteceu esta semana (28...

. Bolamarela - Crónica de C...

. Karatantcheva imparável

. Poll Sampras

. Fotos Open da Austrália

. Ainda o Open da Austrália...

.arquivos

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.pesquisar

 

.links

.Stats

Sábado, 20 de Outubro de 2007

Choque!

Nadal cabisbiaixo durante o encontro com Nalbandian

Que Rafael Nadal não é o maior adepto dos pisos rápidos indoor (greenset) já todos sabíamos; de que Nalbandian é exímio neste tipo de superfície, apesar da má temporada que tem vindo a realizar, também não duvidávamos; que a partida pudesse ser muito disputada e de vencedor incerto -pese embora o favoritismo de Nadal- já suspeitávamos; o que nunca imaginámos, certamente, foi esta copiosa derrota que o tenista das pampas inflingiu ao maiorquino, no Masters Series de Madrid. 6-1 e 6-2 foram os parciais de um encontro de sentido único, em que Nalbandian jogou o seu melhor ténis e Nadal esteve irreconhecível. Foi a mais dura derrota do espanhol em eventos ATP, apenas igualada pela que sofreu em Lyon, em 2004, frente a Julien Benneteau (6-3 e 6-0).

 

publicado por Morais às 10:18
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De jorge a. a 20 de Outubro de 2007 às 22:05
Parece que o Nalbandian quer deitar por terra um por um os três guerreiros da figura do teu post anterior... primeiro foi Nadal, agora Djokovic, falta Federer na final...

...mas isto tenho cá para mim, Federer é um deus... e os deuses não se derrubam. ;)

Mas Morais, já a derrota do Nadal não me impressiona... o tipo perde porque não quer enfrentar Federer na final... o gajo não quer largar aquela história do recorde no mano-a-mano... tás a ver? Para o ano quando começarem os torneios de terra batida o homem volta à mó de cima e lá vem a lenga lenga das derrotas de Federer sempre que joga com Nadal... pudera, o espanhol nos outros torneios raramente atinge a final.
De Morais a 21 de Outubro de 2007 às 00:10
Lol realmente...só falta um;)! Vamos lá a ver...o Nalbandian foi a besta-negra do Federer durante muito tempo! Está tudo em aberto, mas será certamente muito difícil para o argentino!

Quanto à história do Nadal, não me surpreende que tenha perdido porque realmente tem muito que evoluir neste tipo de pisos...mas eu vejo as coisas de outra forma! O Nadal não me parece ter medo de enfrentar o Federer...pelo contrário, o inverso passa-se e isso está bem patente até nos comentários dos adeptos do Federer que vejo no menstennisforums.com de cada vez que o Nadal perde antes da final!lol Nota-se aquela sensação de alívio...como quem diz "este está ganho"!lol E é bem provável...da mesma maneira que seria se a final fosse contra o Nadal!
De jorge a. a 21 de Outubro de 2007 às 10:31
Não sei o que dizem os adeptos de Federer no tal fórum que referes, mas eu tenho cá para mim que neste tipo de pisos Djokovic será no futuro mais dificil para Federer que Nadal...

E, apesar de adepto de Federer, não tenho nenhuma sensação de alivio com as derrotas de Nadal... apesar de adepto confesso de Federer, o meu objectivo não passa por ver Federer ganhar o máximo número de torneios possíveis. O meu objectivo passa por ver bom e emocionante ténis. Nesse sentido, as derrotas de Nadal (e agora também de Djokovic) antes da final não são um alivio... são uma desilusão.
De Morais a 21 de Outubro de 2007 às 13:46
Pois, é bem verdade que as eliminações de Nadal e Djokovic podem ter retirado um pouco de emoção ao torneio, mas talvez o Nalbandian seja capaz de assinar uma bela exibição, tornando este jogo num daqueles épicos duelos, estilo o da final da Masters Cup'05! Independentemente do vencedor...

É que essa é uma das pechas do Federer...raramente é protagonista vencedor de épicos duelos! É mais que certo que a culpa é da enorme superioridade que exibe sobre os demais (acontecia com o Sampras também)...mas quando está por baixo, não consegue conferir intensidade emocional às partidas! E basta olharmos para as finais de Roland Garros!

Quanto a mim, fico a aguardar por um duelo fantástico...empolgante de princípio a fim! É possível...
De jorge a. a 21 de Outubro de 2007 às 22:13
Olha... olha... parece que Nalbandian sempre fez o pleno.
De Morais a 21 de Outubro de 2007 às 23:15
É verdade...pelo que percebi o Federer não fez um jogo maravlhoso, mas o Nalbandian acaba por ter muito mérito na maneira como chegou e venceu, vindo do nada!

Comentar post

.Site amigo

Bolamarela

.Visitas

.Online

hit counter
blogs SAPO