Porto

.posts recentes

. Contrastes

. Ténis espectáculo

. Actualidade

. Análise das polls - Vence...

. Aconteceu esta semana (28...

. Bolamarela - Crónica de C...

. Karatantcheva imparável

. Poll Sampras

. Fotos Open da Austrália

. Ainda o Open da Austrália...

.arquivos

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.pesquisar

 

.links

.Stats

Segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2008

Aconteceu esta semana (28.01 a 04.02)


Da esquerda para a direita: Magali de Lattre, Neuza Silva e Maria João Koehler. A estas juntou-se Ana Catarina Nogueira para completar o conjunto de atletas que defendeu as cores lusas na Fed Cup.

Portugal foi despromovido ao Grupo II da zona Euro-Africana da Fed Cup. Na poule realizada em Budapeste, que contava com a participação de Ana Ivanovic, Jelena Jankovic, Agnes Szavay, Patty Schnyder, Agnieszka Radwanska e Caroline Wozniacki, tenistas do top-50 do ranking WTA, a selecção nacional conseguiu escapar a todas elas. Em sorte sairam-nos Bulgária, Holanda e Luxemburgo, num sorteio "amigo".
Ainda assim, Neuza Silva e companhia não foram capazes de vencer um único encontro em toda a primeira fase, quedando-se pela última posição do grupo.
Depois, na última oportunidade de manutenção no Grupo I, cabia à selecção das quinas defrontar a Grã-Bretanha, em mais uma dura prova.
Nova derrota, por 0-2 (o par não se realizou), e consequente descida ao Grupo II.
Fraca prestação das pupilas de Pedro Cordeiro, que, em jeito de rescaldo, elogiou a atitude de Ana Catarina Nogueira ao longo de toda a prova e afiançou que Portugal tem equipa para regressar à terceira divisão do ténis mundial a curto prazo.
Como era esperado, Sérvia e Suíça garantiram a subida ao II Grupo Mundial e a Geórgia, para além de Portugal, foi despromovida.

Gonzalez venceu o título em Viña del Mar sem ter necessitado de jogar a final

O chileno Fernando Gonzalez venceu em Viña del Mar, no seu próprio país, o primeiro título da temporada.
Antes de disputar a partida das meias-finais, já Gonzalez sabia que a vitória nesse encontro o levaria à conquista do ceptro, devido à lesão contraída pelo outro finalista, o argentino Juan Monaco, na final da variante de pares.
Num jogo emocionante, "Fena" levou de vencida o uruguaio Pablo Cuevas, por 6-7(4), 7-6(6) e 6-2, tendo salvado 2 match-points a 6-5 no segundo set.
Cuevas disputou em Viña del Mar o seu primeiro torneio de nível ATP, não se saindo nada mal, portanto. Faltou apenas um bocadinho para ser a estreia perfeita...

Foto www.tribuneindia.com

O tenista sueco Joachim Johansson anunciou a retirada definitiva do circuito professional masculino.
Johansson foi considerado uma das maiores esperanças da década para o ténis sueco, mas viu a sua carreira ser fustigada por inúmeras lesões.
"Pim-pim", nome pelo qual é conhecido, chegou a atingir a nona posição do ranking mundial em 2005, num ano em que venceu dois títulos -Adelaide e Marselha- logo nos dois primeiros meses da temporada e estabeleceu a melhor marca de ases num só encontro (51), entretanto igualada por Ivo Karlovic.

Foto AFP

João Lagos confirmou a presença de Nikolay Davydenko no Estoril Open'08. O russo junta-se, assim, a Roger Federer naquele que será, sem dúvida, o mais forte torneio de sempre. Por ora, estão garantidos dois top-4 do ranking mundial...aguardemos para ver que surpresas mais nos reserva o empresário português.

Foto AFP

Rússia, EUA, China e Espanha apuraram-se para as meias-finais do Grupo Mundial da Fed Cup.
As russas foram a Israel bater a selecção local, por 4-1, com Maria Sharapova em grande destaque.
Por seu lado, a selecção americana, que tinha uma tarefa previsivelmente fácil, suou um pouco do que o esperado, com a vitória sobre a Alemanha (4-1) a surgir apenas no último dia (ontem, por causa das chuvas), através do Ashley Harkleroad.
Já a China foi a grande confirmação, ao bater uma desfalcada França (nem Golovin, nem Mauresmo, nem Bartoli participaram), por 3-2, com a dramática vitória a ser consumada no decisivo encontro de pares.
Por fim, as espanholas conseguiram uma fantástica vitória em Nápoles, muito por culpa das excelentes exibições de Anabel Medina-Garrigues e da desinspiração de Francesca Schiavone. 3-2 foi o resultado final, mas os dois últimos encontros, que deram em vitória das italianas, serviram apenas para cumprir calendário.

publicado por Morais às 23:17
link do post | comentar | favorito
|

.Site amigo

Bolamarela

.Visitas

.Online

hit counter
blogs SAPO